A Secretaria de Saúde de Floriano lançou nesta sexta-feira, 19, o Plano de Contingência da Atenção Básica contra o COVID-19. O documento vai nortear profissionais de saúde, atendimentos de urgência e fluxograma dos casos suspeitos do novo vírus, além de orientar outras práticas. "O documento foi elaborado por técnicos da Secretaria de Saúde de Floriano de maneira clara e didática para que os nossos profissionais de saúde saibam como proceder em qualquer circunstância", disse James Rodrigues, Secretário de Saúde de Floriano.  

drsergio

As medidas são válidas enquanto permanecer a emergência estabelecida pelo Decreto Municipal N° 032, de 16 de março de 2020, que dispõe sobre as medidas para o enfrentamento da Emergência de Saúde Pública decorrente do Coronavírus (COVID-2019) no município de Floriano – PI.  

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, todo paciente que apresentar algum sintoma gripal ou que necessitar de atendimento não eletivo, deve se encaminhar a uma Unidade Básica de Saúde. Nesses locais, os profissionais devem orientar o paciente que apresente sintomas gripais leves (tosse, coriza, dor de garganta, mal estar e sem dificuldade respiratória) a permanecerem em isolamento domiciliar. 

Somente nos casos de sintomas de síndrome gripais moderados ou graves como (febre > 37.8°, acompanhada de tosse seca ou com secreção) o usuário será encaminhado para Unidade Básica de Saúde referência, neste caso, a Funasa. E caso o paciente apresente sintomas de síndrome gripal considerados graves (dispneia, insuficiência respiratória), ele deverá ser encaminhado ao Hospital de Referência (HRTN). 

O dispositivo suspende atendimentos odontológicos agendados com exceção das situações comprovadamente urgentes. O atendimento multiprofissional do NASF para grupos prioritários em dias pré-determinados, bem como agendamentos futuros, estão suspensos para evitar aglomerações. 

As receitas para medicamentos com a expressão de “uso contínuo” terão seu prazo de validade ampliado para 90 (noventa) dias. Os profissionais da saúde acima de 60 anos ou com morbidades estão suspensos de suas atividades profissionais. "Mas cada um deve fazer sua parte. O florianense deve seguir à risca esse isolamento recomendado pelo Ministério da Saúde para que os efeitos desse vírus sejam mínimos em nossa comunidade", completou James Rodrigues.  

Os Agentes Comunitários de Saúde manterão suas atividades nas UBS conforme programação já existente, mas as visitas domiciliares a pacientes com síndrome gripal deverão ser evitadas. O documento mantem no formato de agendamento as consultas de pré-natal, bem como autorização para realização de exames voltados a gestante.  

Fica decidido ainda que o agendamentos e realização de consultas médicas especializadas está paralisada temporariamente. Com isso, as equipes das UBSs devem organizar progressivamente até 23 de março de 2020 (segunda-feira) a agenda médica e de enfermagem chegando a garantir que 100% das consultas estejam disponíveis para atendimento em demanda espontânea.  

Para os profissionais de saúde das UBSs, o plano apresenta orientações para atendimento de casos suspeitos - conforme critérios atualizados definidos pela Vigilância Epidemiológica. Há também orientações aos profissionais no atendimento a pacientes com sintomas respiratórios e para médicos, enfermeiros e auxiliares/técnicos de enfermagem, profissionais do NASF em atendimento, que terão contato direto com o usuário.

 

Acesse o plano completo no link: http://floriano.pi.gov.br/download/202003/SF20_d892317d94.pdf