O escape de xixi durante a gravidez é uma situação bastante comum, mas não deve ser considerada normal. Alguns fatores influenciam a incontinência urinária na gestação, como quando o útero comprime a bexiga, o aumento de peso, causas hormonais, além dos fatores individuais de cada mulher, como o condicionamento muscular. Mas é possível evitar os escapes fazendo exercícios antes e durante a gravidez.


Antes de engravidar, ter uma rotina de exercícios que melhore o tônus muscular é importante. Já na gravidez, é possível fazer exercícios específicos que ajudam tanto a prevenir a incontinência como ajuda no trabalho de parto. Uma vez que a gestante já tenha os escapes, algumas atitudes podem ser tomadas. Veja abaixo:

Comece a rotina de exercícios com uma fisioterapeuta;
Tome líquido de forma fracionada para não encher a bexiga de uma vez;
Faça xixi de maneira preventiva, ou seja, ir ao banheiro mesmo sem vontade;
Não segure o xixi.


PARTO NORMAL PIORA A INCONTINÊNCIA?
Não, pelo contrário, a incontinência da gestação tende a ser resolvida após o parto porque ela é ocasionada por causa da pressão do peso do bebê. A incontinência urinária que falam que o parto normal pode dar é uma que aparece muitos anos depois, chamada de bexiga caída. Mas de forma nenhuma devemos desencorajar o parto normal. Exercícios preventivos podem ser indicados para diminuir esse risco.

 

G1