• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Baseado em ações do Ministério da Saúde cujo foco é estimular a mudança de hábitos da população, será apresentada nesta quarta-feira, 26, uma proposta de implementação do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas-não transmissíveis. O evento acontece a partir das 08:30h, durante reunião no Hospital do Mocambinho.

 

De acordo com a equipe de coordenação de Atenção a Saúde do Adulto e Idoso, o objetivo do Plano é estimular os piauienses a comer melhor e a praticar atividades físicas. O público alvo do evento serão os médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, dentistas e técnicos de enfermagem.

 

A idéia do governo estadual é montar estratégias que possam reduzir as mortes prematuras mediante fatores de risco como o consumo do tabaco, alimentação inadequada, e consumo nocivo de álcool.

 

Em todo o Brasil a meta do governo Federal é reduzir a taxa de mortalidade prematura (menos de 70 anos) por essas enfermidades em 2% ao ano.

 

No Brasil as doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) – sendo as principais o câncer, o diabetes e as doenças cardiovasculares e respiratórias – correspondem a 72% dos óbitos anuais, atingindo especialmente as camadas da população de mais baixa renda e escolaridade.

 

Saúde.pi.gov