• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

O câncer de pâncreas é uma doença grave que muitas vezes apresenta sintomas silenciosos e vagos, como coceira, por exemplo.

Por conta dessa característica inespecífica dos sintomas, é difícil chegar a um diagnóstico no estágio inicial da doença. No entanto, é importante estar ciente dos sinais e sintomas comuns e procurar atendimento médico se houver preocupações.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de pâncreas mais comum é do tipo adenocarcinoma (que se origina no tecido glandular).

Esse tipo corresponde a 90% dos casos diagnosticados. A maioria dos casos afeta o lado direito do órgão (a cabeça). As outras partes do pâncreas são corpo (centro) e cauda (lado esquerdo).

Quais os sintomas de câncer de pâncreas Dor abdominal A dor abdominal, especialmente na região superior do abdômen, é um sintoma comum do câncer de pâncreas. Esta dor pode irradiar para as costas.

Perda de peso inexplicada A perda de peso não intencional é frequente em pessoas com câncer de pâncreas devido à diminuição do apetite e à dificuldade em comer.

Alterações nas fezes As fezes podem ficar volumosas, pálidas, gordurosas e malcheirosas devido à má absorção de gordura no intestino.

Isso pode ocorrer porque o tumor no pâncreas interfere na produção de enzimas digestivas, como a lipase, que são necessárias para quebrar as gorduras dos alimentos.

Icterícia A icterícia é uma condição em que a pele e os olhos ficam amarelados devido ao acúmulo de bilirrubina no sangue.

Isso pode ocorrer quando o tumor obstrui o ducto biliar, interferindo no fluxo da bile.

Náuseas e vômitos Estes sintomas podem ocorrer à medida que o tumor cresce e afeta a função digestiva. Diabetes inexplicável Algumas pessoas com câncer de pâncreas podem desenvolver diabetes sem uma causa aparente devido à disfunção do pâncreas.

Fadiga A fadiga persistente e a fraqueza podem ser sintomas de câncer de pâncreas devido à presença do tumor e o esforço do corpo para combater a doença.

Coceira Embora menos comum, a coceira na pele pode ocorrer em pessoas com câncer de pâncreas. Esta coceira muitas vezes surge por conta de uma substância que o tumor libera chamada histamina, que pode irritar a pele.

O que causa câncer de pâncreas? O câncer de pâncreas é uma condição complexa e multifacetada, com uma variedade de fatores que podem contribuir para o seu desenvolvimento.

Entre os fatores de risco mais destacados, o tabagismo emerge como um dos principais impulsionadores, devido aos produtos químicos tóxicos presentes no cigarro que podem danificar as células pancreáticas.

Além disso, a obesidade, tem sido consistentemente associada a um risco maior de câncer de pâncreas.

O tecido adiposo extra pode levar a mudanças hormonais e inflamação crônica, que podem contribuir para o desenvolvimento do câncer.

Para aqueles com histórico familiar da doença, a genética desempenha um papel significativo, pois pessoas com parentes de primeiro grau com esse tipo de câncer têm uma probabilidade maior de também ter.

Além disso, condições como pancreatite crônica, que envolvem inflamação do pâncreas, podem predispor ao desenvolvimento do câncer.

Não menos importante, o diabetes tipo 2 também é um fator de risco, embora a natureza exata dessa associação ainda não esteja totalmente clara.

Ademais, a exposição a certos produtos químicos no ambiente de trabalho ou em contextos industriais pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em algumas pessoas.

Catraca Livre