“O governador Wellington Dias decide punir a população, ao invés de socorrer o povo e as empresas. Em vez de abrir novas oportunidades, criando um auxílio emergencial, como fez o governo federal, decide trancar todos em casa, com o lockdown.

Tudo isso porque o governo estadual preferiu investir na criação de cargos, no custeio de uma máquina pesada (como tantas vezes alertamos), na convocação de suplentes e no desperdício do orçamento.

Agora, não tem como bancar outra solução a não ser fazer a população pagar a conta. Como não tem caixa, não ajuda o povo em seu momento mais difícil. E o pior: ainda joga a culpa para o governo federal, desviando a discussão para as vacinas.

Estradas do estado? Não tem. Obras do estado? Não tem. Grandes soluções? Não tem. Auxílio emergencial? Não tem. O que tem de sobra? O de sempre: paralisia e cansaço. O lockdown é fruto disso.

É sempre bom lembrar que o governador que quer fechar tudo, fechou algo que não poderia ser fechado: o Hospital”. da Campanha do Verdão, que funcionou pouco tempo e que, se estivesse aberto, poderia evitar esse lockdown”.

Foi o que externou o senador Ciro Nogueira numa rede social.

Da redação