Durante entrevista coletiva à imprensa, na tarde desta quinta-feira, 21, o coordenador jurídico do setor de Tributação, Gustavo Ferro e o coordenador da Vigilância Sanitária, Jussinaldo Duarte, numa entrevista coletiva, enfatizaram que a intensificação nas fiscalizações é por tempo indeterminado, até que os estabelecimentos se conscientizem e a população esteja mais protegida, e garantiram que, depois de um período de orientação, notificações e multas, se chegou a necessidade de atuar com o rigor da lei.

jus

Um depósito de bebidas está multado em cerca de R$ 30mil. Esse também foi um dos focos da coletiva.

Da redação