O Banco do Brasil anunciou na segunda-feira (11) em fato relevante ao mercado a abertura de programas de demissão voluntária e fechamento de 361 unidades, entre agências, postos de atendimento e escritórios no primeiro semestre deste ano. O programa de demissão, que vai até fevereiro, prevê o desligamento de pelo menos 5 mil pessoas.

josias

As agências do Banco Brasil, representações financeiras instaladas em Floriano-PI e Barão de Grajaú-MA, não dever sofrer as consequências em relação ao fechamento dessas instituições financeiras.  O gerente da Agência de Floriano o bancário Josias Teixeira Filho (foto), numa mensagem ao Carlos Iran, do Piauí Noticias tranquilizou os clientes locais.

 

Segundo o comunicado, das 361 unidades a serem fechadas, 112 são agências, 242 são postos de atendimento e sete são escritórios.

Pelo menos 243 agências serão convertidas em postos de atendimento e oito postos de atendimento serão transformados em agências. Outras 145 unidades de negócios serão transformadas em lojas Banco do Brasil, sem guichês de caixas. O banco informou ainda a criação de 28 unidades de negócios, sendo 24 especializadas em agronegócio.

Da redação