Após 34 anos de história, o Grupo Mateus divulgou a seu primeiro demonstrativo financeiro depois da sua abertura de capital no ano passado. De acordo com os dados financeiros apresentados, a margem do aumento é maior quando analisando apenas três meses. O aumento fica em 53,5%, atingindo R$ 3,9 bilhões.

Ilson Mateus

No acumulado, o Grupo Mateus já aparece com uma receita 41% maior do que os noves primeiros meses de 2019. Até setembro de 2020, Mateus já tinha uma receita R$ 10,1 bilhões.

Na receita líquida, o trimestre foi de R$ 3,6 bilhões, com crescimento de 51,6% sobre o mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, a receita atingiu R$ 8,7 bilhões, superior em 38,3% aos nove meses de 2019. Os Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA Ajustado) foi de R$ 325 milhões no trimestre, com crescimento 65,6%. A Margem EBITDA Ajustada no mesmo período foi de 8,9% contra 8,2% no mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido também cresceu durante o terceiro trimestre atingindo R$ 236 milhões, registrando um aumento de 64,6% em comparação ao mesmo período no ano anterior.

Mateus mantém um ritmo forte, em 2020 o grupo abriu 39 lojas fechando o ano com 159 no total. Em ano de pandemia e faltando os dados financeiros de três meses de 2020 para fechar os seus resultados. Podem ter certeza, a empresa irá quebrar mais um recorde.

A empresa apresentará os dados financeiros referentes ao 4º trimestre e fechamento do ano de 2020 no dia 29 de março.

foilha do maranhão