O Comitê Estadual de Combate à Tuberculose e HIV-Aids informou, na manhã de hoje (13), durante reunião com vários segmentos da sociedade, que a tuberculose não está sob controle total no Piauí, principalmente entre os portadores do vírus. A informação foi repassada pela deputada Teresa Britto (PV) durante os dois minutos da sessão plenária no legislativo estadual. A parlamentar participou da reunião do comitê.

brito

A deputada afirmou que a incidência de tuberculose  vem crescendo nos presídios e nas comunidades mais carentes e se faz necessária uma imediata e eficaz política pública de combate à doença, que é silenciosa e altamente contagiosa, podendo infectar várias pessoas que convivam no mesmo ambiente, como em escolas, igrejas e até mesmo nos locais de trabalho.

“Além disso, a única enfermaria para o atendimento desses casos que existia no Piauí está fechada. Funcionava no Hospital Getúlio Vargas, mas os três enfermeiros se aposentaram. Dois outros foram contratados, mas devido aos atrasos no pagamento eles não estão mais trabalhando. O comitê está pedindo que a gente faça aqui uma audiência pública para discutir o assunto e pedindo também que seja encaminhada uma audiência com o secretário de Saúde, Florentino Neto, para que providências possam ser tomadas.

 

alepi