• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

pedroparenteO ex-ministro Pedro Parente visitou a cidade de Bom Jesus ontem, 08, quando percorreu o município acompanhado do prefeito Alcindo Piauilino. Parente, que atualmente é o presidente (CEO) da Bunge Brasil, contou que a multinacional pretende investir R$ 750 milhões no país nos próximos três anos.

De acordo com Alcindo Piauilino, o ex-ministro, que também preside o Conselho Deliberativo dos Produtores de Etanol no Brasil, afirmou que a Bungue irá investir com muita força nessa área nos próximos anos. “Ele comentou que na quinta-feira após o Carnaval esteve reunido com a presidente Dilma discutindo a questão energética no país”, pontua. Alcindo disse que aproveitou o encontro para solicitar mais investimentos para o Piauí. “Não pedi somente para Bom Jesus, mas para o nosso estado como um todo” reforça.

 


Durante sua estadia em Bom Jesus, Pedro Parente mostrou interesse por fatos históricos do município, onde tem laços familiares - seus avós, Odilon Parente e Mundica Santos, além dos tios, o ex-senador Joaquim Parente e os ex-deputados Marcos Parente e Manoel de Sousa Santos, são bonjesuenses de nascimento.

Pedro Parente foi um dos principais ministros do governo Fernando Henrique Cardoso, quando ocupou a Casa Civil e, no segundo mandato tucano, comandou as medidas em torno do racionamento de energia no país.

Desde o início de 2010 quando assumiu o comando da Bunge Brasil, Pedro Parente coordena todas as ações da holding no país, incluindo a Bunge Alimentos e a Bunge Fertilizantes. Tradicional em investimentos na área de grãos, a multinacional registra lucro superior a R$ 30 bi e está expandindo atividades no ramo da agroindústria voltada para a produção de açúcar e álcool.




GP1