• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

A Operação Petróleo Real, realizada pelo Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (Imepi) em parceria com Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MPPI), interditou seis postos de combustível, entre os dias 14 e 19 de maio. Ao todo, os agentes de fiscalização visitaram 46 postos em 19 cidades do interior do Piauí.

Continua após a publicidadeAnúncio Além da interdição de seis estabelecimentos, outros 35 postos de combustível foram reprovados por diversas irregularidades. Entre as principais encontradas, destacam-se: mangueira danificada, dígitos queimados, medida alta contra o proprietário, vazamento interno na bomba, divergência entre o volume entregue e o preço a pagar, proteção dos dígitos danificados, grafia, simbologia e legendas apagadas, lacre do densímetro violado e instrumento (bomba medidora) não desliga até 60s e com avanço nos dígitos e fiação exposta.

A fiscalização percorreu os municípios de Bela Vista do Piauí, Cajazeiras do Piauí, Campinas do Piauí, Colônia do Piauí, Conceição do Canindé, Floresta do Piauí, Paes Landim, Santa Rosa do Piauí, Santo Inácio de Assis, São Francisco de Assis, São João da Varjota, São Miguel do Fidalgo, Simplício Mendes, Socorro do Piauí, Isaías Coelho, Oeiras, Itainópolis, Tanque e Várzea Grande.

https://bomjesusnews.com/