• Vamol
  • Roma
  • Fiat
  • Floriano Veiculos

buraco 01Agentes da penitenciária Irmão Guido abortaram uma tentativa de fuga na noite dessa sexta-feira, 16. Segundo informações confirmadas pela assessoria da Secretaria de Justiça, os detentos arrancaram o vaso sanitário para tentar cavar um buraco no local. “Essa é uma das formas mais comuns de tentativa de fuga. Eles arrancam o bojo [vaso] e tentar abrir um buraco. Mas os agentes de plantão desconfiaram ainda pela manhã e na conferência realizada a noite impediram a tentativa”, conta Vilobaldo Carvalho, presidente do Sinpoljuspi.

 

A tentativa ocorreu no pavilhão C, que conta com aproximadamente 120 internos. A ação ocorreu na cela 16, que abrigava quatro presos.

 

“Durante o dia suspeitaram de uma movimentação estranha. Os presos começaram a cavar, mas não deu tempo de fazer um buraco grande. Eles foram impedidos de prontidão”, revela Vilobaldo.

 

A reportagem entrou em contato com o diretor da penitenciária, capitão Paulo Roberto, para que ele comentasse o assunto. Segundo o gestor, a tentativa foi abortada sem nenhum prejuízo para o presídio e sem maiores problemas.

 

Caso em Esperantina

Vilobaldo Carvalho informou que na manhã deste sábado, 17, durante visita na penitenciária da cidade de Esperantina, um visitante foi abordado com um aparelho celular amarrado na canela.

 

“Isso mostra que o sistema ainda possui muitas falhas e tem que ser melhorado com urgência”, critica o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores Administrativos das Secretarias da Justiça e de Segurança Pública do Estado do Piauí (Sinpoljuspi).


Cidade verde