istefyA modelo Istefy Brito, 21 anos, está entre as vítimas fatais do acidente ocorrido na BR 343, no início da manhã deste sábado. A jovem era natural de São Francisco do Maranhão.


A colisão entre uma caminhonete e um ônibus ocorreu próximo à entrada da cidade de Amarante (106 km de Teresina). Além de Istefy, outras seis pessoas morreram e um homem ficou gravemente ferido.
 

Na página do Facebook da jovem, dezenas de amigos prestam suas últimas homenagens. Ela morava em Teresina e desde 2010 trabalhava como modelo na agência The Was Model, na capital.
 

Segundo a direção da agência de modelos, Istefy Brito era uma jovem extrovertida, que fazia amizades facilmente, sempre pontual e esforçada. Ela iria retornar suas atividades profissionais assim que chegasse à capital piauiense, com a renovação de suas fotos para um novo book.
 
istefi2
Em uma de suas últimas postagens, Istefy comentou sobre sua viagem à cidade de Amarante, onde passou as festas de final de ano. Neste sábado ela já estaria de volta para Teresina.



Cidade verde
caminhoneteUm acidente ocorrido na BR 343, próximo ao balão de Amarante, às 05:20h de hoje ,14, vitimou fatalmente sete pessoas, todas de São Francisco do Maranhão-MA.


O ocorrido se deu quando uma Hilux de placa HXC-1134, que vinha de Angical-PI, em alta velocidade, tentou ultrapassar uma carreta e bateu frontalmente com um ônibus da empresa Real Barroso que vinha de São Paulo, do município de Casa Verde com destino à cidade de Piripiri-PI. Os passageiros do ônibus não sofreram ferimentos graves.



Pedro Gomes, motorista do ônibus, conta que após a manobra da Hilux, no instante da ultrapassagem, a mesma não teve condição de retorno à sua mão colidindo frontalmente com o ônibus que conduzia quase 40 passageiros. “Após a batida, sustentei o volante para não bater naquela árvore” o motorista referia-se a uma árvore de grande porte que fica à beira da BR.



Os integrantes da caminhonete estavam na Angifolia, carnaval fora de época de Angical. No momento do desespero, Gutierrez, único sobrevivente da Hilux, afirmou ao motorista do ônibus que, por não estar embriagado, pediu para vir dirigindo, mas não aceitaram.



A Polícia Rodoviária Federal esteve no local e, segundo o policial F. Rodrigues, após a remoção dos corpos, será feita a perícia para uma melhor investigação do ocorrido.



Os corpos foram levados para o hospital de Amarante. Segundo os passageiros do ônibus, se o socorro tivesse chegado imediatamente, uma das vítimas não teria falecido. “Ele ficou agonizando muito tempo”, disse à passageira que não quis se identificar.



Confira os nomes das vítimas: Wallison Mendes, Istefy Brito, Morais Júnior, Aldetino Luiz, Leudenberg, Cleiton e Bernardo (este último veio de Salvador-BA e estava passando férias em São Francisco do Maranhão).

acidente343-1
acidente343-2
acidente343-3
acidente343-4


ATUALIZADA às 9:12h
Entre as pessoas envolvidas na tragédia está a jovem Istefy Brito, que é prima do sub-gerente Nogueira, que trabalha na filial do Armazém  Paraíba, loja de Floriano.  Nogueira desde que soube do trágico acidente vem mantendo contato com membros da sua família.


No local estão homens das Policias Militar e Rodoviária Federal, além de profissionais do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Somente da cidade de Floriano foram para o local do acidente quatro dos profissionais do Corpo de Bombeiros que estão sendo comandados pelo tenente Mousinho. Uma grande multidao está concentrada no local onde existe muito desespero por parte dos parentes e familiares das vítimas.



Blog do Amarante



Na noite de ontem, 12, às 19:00h, a Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender em flagrante, Carlos da Silva. Ele é acusado de ter aplicado golpes de faca em uma das mãos de sua irmã, Diva Maria da Silva.

A vítima ainda não prestou depoimento, pois teve que se submeter a uma cirurgia. Com a violência do golpe, Diva teria perdido os movimentos da mão.

O acusado está preso em uma das celas do 2º DP (foto) e será enquadrado na Lei Maria da Penha pelo crime de lesão corporal de natureza grave e poderá pegar de 1 a 8 anos de prisão.


180 graus

Um homem identificado como Francisco Pascoal da Silva, cerca de 50 anos, residente na Rua São Sebastião, próximo à Câmara Municipal, no centro de Picos, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira, 13. Ele morava sozinho e atualmente estava desempregado.

O corpo estava na sala e apresentava um sangramento no canto da boca. Segundo vizinhos, ele foi visto pela última vez na quarta-feira. A Polícia Militar encontrou o corpo após receber o telefonema de uma vizinha incomodada com o mau cheiro vindo da residência. De acordo com os PMs, a porta dos fundos da casa estava aberta, sem sinais de arrombamento.



Riachaonet

Subcategorias