• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma
verdurão santo antonio
 Dario
cajuina aeroporto
Paraiba

A CBF está acéfala e é provável que continue assim até a Copa do Mundo. Marco Polo Del Nero foi detido em ação da Polícia Federal, que apreendeu computadores em sua residência. O caso pode trazer à luz muitas coisas do comando da CBF e da Federação Paulista nos últimos anos. Junto a isso, Andrés Sanchez deve oficializar ainda nesta segunda-feira seu pedido de demissão como diretor de seleções da CBF.

A decisão está tomada.

 

Antes de ter seus computadores confiscados pela Polícia Federal, Marco Polo tomou junto com José Maria Marin a decisão que pode ser anunciada nos próximos dias: Felipão é o técnico.

O ex-treinador do Palmeiras só não será o treinador nos próximos meses se decidir roer a corda, levando em conta a bagunça em que se torna a CBF a cada dia.

 

Sair do Palmeiras acéfalo e assumir a CBF acéfala é dar um tiro no próprio pé.

Mas Felipão é o nome de Marco Polo Del Nero, com o que concorda José Maria Marin.

 

No meio disso tudo, há Josep Guardiola.

O ex-treinador do Barcelona não vai assumir a seleção, porque não será convidado. Na sexta-feira, minutos depois da demissão de Mano Menezes, o diário LANCE! conversou com o ex-técnico do Barça por meio de um amigo comum de Guardiola e do editor do diário.

 

O técnico diz que assume a seleção brasileira.

O ponto contrário é que Marco Polo já está alinhavado para ter Felipão no comando. Ou estava, antes de a Polícia Federal bater à sua porta.

 

ESPN