Acontece de 23 a 28 deste mês a segunda edição da Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos, uma ação do Projeto Economia Criativa Nordeste, executado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, nos Estados nordestinos. A feira, online e gratuita, é coordenada pelo Sebrae na Bahia.

Entre as empresas piauienses que estarão ofertando seus produtos e serviços no marketplace estão: Ateliê Josielton Sousa (Arte em Madeira); Brinco de Papel Papelaria Afetiva (Artesanato em Papel); Caju Pinga Fogo (Música); e Bordadeiras da Pedra do Sal (Bordados).

“Esse evento será uma oportunidade para as empresas piauienses divulgarem seus produtos e serviços. Temos empreendimentos de vários segmentos da economia criativa representando o Piauí no evento e a expectativa é de geração de bons negócios para as empresas participantes”, afirma a gerente da Unidade de Competitividade do Sebrae no Piauí, Luana Thaina.

O objetivo da feira é promover o fortalecimento dos negócios da economia criativa do Nordeste, sendo um espaço para reflexão, diálogo e orientação focados no empreendedorismo e superação dos desafios do setor, impostos pelo novo cenário econômico mundial.

“Sou muito grato ao Sebrae pela oportunidade de apresentar meu trabalho nesse evento. Só o fato de ter sido escolhido para representar o meu Estado, já mostra que o meu trabalho tem qualidade. A minha expectativa é fazer boas vendas”, afirma o artesão Josielton Ferreira de Sousa, proprietário do Ateliê Josielton Sousa (Teresina), que trabalha com a confecção de esculturas em madeira, focadas na arte regional e santeira.

Além do ambiente de marketplace, para venda de produtos e serviços, a programação da feira envolve oficinas, painéis e apresentação de cases de sucesso dos setores de artesanato, audiovisual, música, moda, games, inovação e finanças. Os painéis contarão com a participação de especialistas em economia criativa, compartilhando conteúdos inovadores e inspiradores. As oficinas abordarão conteúdos técnicos. Os cases de sucesso devem inspirar os participantes a aprender com quem faz.

“Essa é mais uma oportunidade que o Sebrae está me proporcionando de atuar no ambiente virtual, adquirindo a experiência e o conhecimento necessários para ter presença em um marketplace. A minha primeira experiência foi na Ruraltur, de onde migrei a loja virtual para essa feira internacional. A minha expectativa é divulgar o meu trabalho e vender bastante”, destaca a empresária Érica Cavalcante, proprietária da Brinco de Papel Papelaria Afetiva (Parnaíba), que trabalha com ilustrações, criação de conteúdo e bordados personalizados.

Maiores informações sobre a feira estão disponíveis no endereço eletrônico www.fincc.com.br .