Luan gás - Pequeno Príncipe
Drogalider
serviconta
vamol

Em coletiva, Inep detalhou funcionamento da nova modalidade

notaO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) traz o ‘Enem Seriado’, mais uma novidade para que os estudantes que concluírem o ensino médio e tenham interesse em cursar o ensino superior possam pleitear uma vaga na faculdade. 

O instituto já havia dado algumas informações sobre essa nova modalidade do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em maio e, desta vez, a autarquia trouxe mais detalhes sobre como será o funcionamento em uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (15). Um dos pontos mais importantes é que o Enem tradicional não deixará de existir, lembrando que a versão digital da avaliação também já está sendo testada.

O estudante poderá concorrer por meio do Enem seriado com base nas suas pontuações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) que é uma prova já existente, porém acontece a cada dois anos e é voltada apenas para estudantes do 5º e 9º ano do ensino fundamental, e 3º ano do ensino médio. Para que a nova modalidade do Enem exista, o Saeb será totalmente reformulado.


O Saeb passará a ser uma avaliação anual para estudantes de todas as etapas escolares. Além disso, irá contar com boletins individuais de desempenho. No último ano do ensino médio, o desempenho dos três últimos anos (1º, 2º e 3º) será calculado e, com a pontuação final, será possível pleitear vagas no ensino superior pelos seguintes meios, Programa Universidade para Todos (Prouni), Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – ainda será avaliada essa possibilidade, Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).


Sendo assim, o desempenho do estudante que estiver no 1º ano do ensino médio em 2021 será somado ao de 2022 e 2023, para que ele concorra a uma vaga de ensino superior em 2024.

*Com informações do G1

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil