• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Há quatro dias esteve de aniversário o sanfoneiro João Roxo. O musico é um dos poucos que entende dessa arte musical, em se referindo à sanfona. Com uma história, que poucos lembram, o sanfoneiro Roxo esteve com outros grandes músicos dessa arte, muitos que não estão mais nesse plano, à exemplo do Risomar Sanfoneiro.

sanfoiro

O senhor João Roxo recebeu o carinho dos familiares e amigos e, estiveram presentes no momento de cortar o bolo o professor Antônio Reis, prefeito de Floriano, e o vereador e professor Joab Curvina, presidente do Legislativo.

"Comemoramos hoje, os 85 anos do querido amigo João Roxo, pai do amigo Jean Eufrásio, um dos mais antigos sanfoneiros em atividade de Floriano. Parabéns, amigo, que Deus lhe abençoe grandemente", externou o professor e prefeito Antonio Reis.

Da redação

No seu trabalho, onde esteve fazendo uma visita o deputado estadual Marcos Vinícius, o servidor Antônio José Barros foi homenageado. Junto, os seus colegas de trabalho e ainda com algumas visitas, a exemplo do deputado Marcus, ele foi parabenizado.

-feiraantiota

Já na noite, o aniversariante Antônio José  estava com um grupo de amigos no comércio da Erica e do Mano, bairro Pau Ferrado, onde também foi homenageado. Parabéns!

antiota1

Da redação

Vai ser às 17:00h desse sábado, 20, o sepultamento do corpo do Pedro Pintor. Pedro morreu nessa sexta-feira, aos 43 anos, após se sentir mal. Ele é o segundo filho da senhora Maria Cabelão que mora no bairro Tiberão, onde ele morava. 

pedro

Pedro deixa como filhas duas moças e um rapaz. O corpo está sendo velado no bairro Tiberão, imediações do SESC, em Floriano, e será sepultado no Cemitério São Pedro de Alcântara, bairro Manguinha.

pedrocasa

Emocionada, a mãe, a senhora Maria Cabelão afirmou que o Pedro afirmava que nunca iria lhe deixar, tanto que é que morava com ela, apesar dos vários relacionamentos.

Da redação

Érika de Souza Vieira Nunes, 43 anos, que está presa por tentar sacar empréstimo em um banco do Rio de Janeiro com o cadáver do seu tio, o idoso Paulo Roberto Braga, 68, já cometeu irregularidades.

Segundo a coluna de Paulo Cappelli, no Metrópoles, ela se inscreveu no Bolsa Família, em 2013, e parou de receber o benefício em janeiro de 2021. O fato se deu por ela receber simultaneamente o Auxílio Emergencial concedido por causa da pandemia de Covid-19.

cad

 Ela recebeu R$ 22,1 mil pelo Bolsa Família e R$ 7,5 mil em 2020, distribuídos em nove parcelas do Auxílio Emergencial. Os repasses chegaram a R$ 1,2 mil por mês.

 Já em 2009, Érika processou e perdeu a ação contra o pai do seu filho por não recebimento de pensão alimentícia. Ele quitou as dívidas e a Justiça ignorou seu pleito.

 Ela também processou a Casas Bahia por danos morais e conseguiu receber dinheiro em um acordo. Outra ação que ela moveu contra os Correios, teve o pedido negado. A Justiça do Rio de Janeiro alegou que o processo deveria ser de competência da Justiça Federal.

Entenda o caso

Erika foi presa em flagrante após levar o cadáver do seu tio a uma agência do banco Itaú na Zona Oeste do Rio para tentar um empréstimo de R$ 17 mil. Ela apareceu dando risada enquanto aguardava para ser ouvida pelo delegado Fábio Luiz, da 34ª Delegacia de Polícia (DP) nesta terça-feira (16).

O flagrante foi feito pela TV Globo. Érika aparece ao lado de um homem na sala de espera da delegacia.

revistaforum.com.br