No final da manhã de ontem, 23, uma mulher identificada como Francisca das Chagas do Carmo, 38 anos, natural de Ramos-MA, foi presa acusada do crime de falsidade ideológica e tentativa de estelionato na agência do Branco do Brasil da cidade de São Pedro do Piauí.

Ela tentou abrir uma conta e pedir crédito em nome de Leidiane Gonçalves Mendes, 29 anos, natural do município de Pedro II.

De acordo com informações repassadas pelo Cabo Ferreira, comandante do GPM de São Pedro, responsável pelo condução da acusada, o sub-gerente de agência suspeitou da ação e acionou a Polícia Militar.

A mulher foi presa e conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Água Branca para os procedimentos necessários.

A polícia suspeita que a acusada faça parte de uma quadrilha especializada que atua em várias regiões do Brasil. O crime pode estar relacionado ao assalto realizado na prefeitura de Água Branca, onde, na ocasião, foram levadas várias Cédulas de Identidades em branco.

Ainda de acordo com a PM, a polícia obteve informações, através do serviço de Inteligência da Polícia Militar e Polícia Civil, de que o município de São Pedro seria alvo de um assalto com as mesmas características, porém o mesmo foi evitado.

Com informações do canal 121