csconselheiraA casa da conselheira tutelar da cidade de Santo Inácio do Piauí, Tanha Martins foi destruída por um incêndio causado por curto-circuito em ventilador. O caso aconteceu na manhã de ontem, 28.

Ainda muito abalada, Tânia disse que o fogo iniciou em uma tomada onde um ventilador estava ligado. Ela relata que ultimamente constantes quedas de energia vinham acontecendo na região.

No momento do incêndio não havia ninguém em casa. "Eu estava na casa da minha sogra, no centro da cidade, quando uma vizinha me ligou dizendo que a casa estava pegando fogo. Fui com meu esposo para lá e quando chegamos a casa estava sendo destruída pelo fogo. Meu marido arrombou a porta, quase passa mal de inalar fumaça, eu queimei minha mão e com a ajuda dos vizinhos conseguimos apagar o fogo. Bombeiros nem foram pois na cidade não tem", conta Tanha.

O fogo destruiu todos os móveis da casa de Tanha. Ela, seu marido, e o filho de 16 anos estão apenas com "a roupa do corpo".curtocirc    

"Perdi tudo, roupa, estamos sem nenhuma roupa, cama que tinha acabado de comprar, forro de gesso caiu, paredes rachadas. Estamos arrasados", disse, aos prantos, a conselheira tutelar.

A família está precisando de ajuda. Qualquer valor pode ser depositado na  Agência 2362-0 Conta 25933-0 Banco do Brasil em nome de Tanha Maria Martins Silva.

"Aqui em Santo Inácio a população está revoltada. São muitos casos de aparelhos queimados, população super revoltada. Mas eu sou forte, tenho fé e Deus vai me ajudar a recuperar tudo de novo", acrescenta Tanha.  A reportagem não conseguiu contato com a Equatorial Piauí para comentar as supostas oscilações de energia no município.

 

cidadeverde

Foto: divulgação