delacgNessa segunda-feira, 12, um homem identificado como Francisco das Chagas Dias Cordeiro, 23 anos, foi preso suspeito de estuprar e engravidar a própria irmã de 13 anos, em Piracuruca, Norte do Piauí. Segundo o delegado Hugo de Alcântara, a polícia concluiu o inquérito do caso ainda em 2017 e somente ontem, a Justiça expediu o mandado da prisão preventiva.

"Na época, a polícia tomou conhecimento do fato depois que a vítima passou mal na escola e ao fazerem exames, descobriu-se que ela estava grávida. Ao ser questionada pela mãe, a menina contou que sofria abusos dos dois irmãos, sendo do mais velho desde quando tinha 9 anos e este seria o pai do bebê", contou o delegado.

De acordo com o delegado, o adolescente de 13 anos e Francisco confessaram o crime aos pais, que expulsaram o filho mais velho de casa. A vítima foi encaminhada para casa de parentes em Tocantins, onde fez exames e teve a gravidez interrompida, assegurada pelo Código Penal.

"Quando a vítima voltou, ela foi ouvida. Os dois suspeitos e a mãe também prestaram depoimento, mas o Francisco negou o fato à polícia. No fim do ano de 2017 concluímos o inquérito policial e ele foi denunciado, mas somente agora tivemos o mandado de prisão preventiva decretado", explicou Hugo de Alcântara.

Francisco das Chagas Dias Cordeiro deve responder pelo crime de estupro de vulnerável. Ele encontra-se preso na Delegacia de Piracuruca e deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (13).

"Já outro irmão foi instaurado um procedimento, um auto de investigação infracional contra ele. Só que neste tipo de caso, como ele era menor de 14 anos é definido como estupro bilateral, onde o adolescente seria o autor e vítima", acrescentou.

 

G1/PI

Foto: piracurucaaovivo