crackForam presas mãe e filha, suspeitas de comandar uma boca de fumo a cerca de 10 metros de uma escola pública no bairro Novo Horizonte, na zona Sudeste de Teresina. Segundo o delegado Ricardo Moura, titular do 8º Distrito Policial, o ponto de comercialização é antigo e funcionava na casa das suspeitas.

"É uma boca de fumo antiga. Tivemos informes de uma movimentação muito grande em frente à casa. Fomos ao local e através de um dos viciados fizemos a apreensão de 33 pedras de crack", disse o delegado.

As presas foram identificadas como Osmarina Gomes Claudino (mãe) e Dalberta Daiane Claudino Silva (filha). Foram apreendidas 30 pedras de crack, celulares e aparelhos de TV. As duas foram apreendidas por associação para o tráfico de drogas.

 

 

cidadeverde