Quando teve fazendo uma visita esta semana ao piauinoticias o vereador Bilú que obteve mais de 3.900 votos para Câmara Estadual somente em Floriano, disse que a comunidade florianense foi um termômetro da sua campanha.

bilu

o verador de primeiro mandato, hoje membro do MDB mas que está em desunião com o grupo mdebista local, surpreendeu a todos com a votação que teve no município, cerca de 4.000 votos. Ele contou com apoio do líder do seu partido no estado deputado federal Marcelo Castro e do candidato Marcos Aurélio que estava lutando por uma cadeira na Câmara Federal.

“Tive o apoio de muitos amigos e sem eles eu não tinha tido êxito na minha campanha”, disse Claudemir (Bilú) afirmando que faltaram recursos para um trabalho nas outras cidades do PI, mas que em Floriano foi uma boa votação

O diretório do MDB é presidido pelo advogado José Osório. O partido tem como presidente de Honra o ex-vereador Almir Reis que estava apoiando à Alepi o deputado reeleito Gustavo Neiva (PSB) e ao Senado os candidatos Wilson Martins (PSB) e Robert Rios.

Sobre não ter tido o deputado federal Marcelo Castro no seu palanque ele disse, “eu agradeço de mais o deputado Marcelo, hoje eleito senador, porque eu fui candidato graças a ele. Ele colocou a mão em cima do meu registro em Teresina e, nos registou e saímos candidatos, pois tinha muitas lideranças do Sul Estado e, principalmente de Floriano, que não queriam que eu fosse candidato a deputado estadual e estavam correndo atrás dele para trocar o apoio que iam dar para ele em troca da minha candidatura, da retirada da minha candidatura. Mas ele honrou, foi homem de palavra e manteve o meu registro. Quanto a não participação dele nos nossos eventos, nós entendemos”.

Bilú, que em Floriano obteve 3.901 votos e no 4.237 no Piauí, já pensa numa campanha majoritária no município em 2020.

 

Da redação

sdsdsdsds