O delegado Bruno Ursolino, da Regional da Polícia Civil com sede em Floriano-PI, após as prisões que foram realizadas nessas últimas horas no município florianense esteve na manhã de hoje, 12, falando numa entrevista ao piauinoticias.

A autoridade citou os nomes dos homens presos numa operação conjunta das Policias Civil e Militar do 3º Batalhão, e ainda fala dos crimes que eles são acusados.

Pedro bio

O Chaguinha, de acordo com o delegado, é acusado de várias práticas criminosas e de, inclusive, humilhar as suas vítimas no momento das suas ações.

“Ele acusado de vários roubos na cidade. Todos eles roubos violentos em que ele faz questão de humilhar as vítimas, colocando armas e utilizando palavras de baixo calão e roubando seus bens”, cita o delegado Bruno colocando que normalmente o Chaquinha age na companhia de outras pessoas, mas que não sabe ainda os nomes desses seus companheiros do crime. O jovem Chaguinha gosta de tomar motos de forma surpresa e ameaçadora, afirma.

O Neném, narra o delegado Bruno, também acusado de roubos usa de artifícios da mesma forma no momento de abordar as suas vítimas. “Já havia um mandado de prisão em aberto contra ele e, tiramos o Neném de circulação”, externa afirmando que o José Gilberto Junior é acusado de roubo. Nesse caso foi um roubo que teve num passado próximo às Óticas Piauí e a Drogaria Pag Menos, enfatiza.

O outro homem preso é Pedro Bio que de acordo com as investigações da Polícia, tem envolvimento com roubos. “Estamos tirando quatro pessoas acusadas de roubos a cidadãos de Floriano, afim de tentar dar uma acalmada nas ruas”, disse o delegado Bruno afirmando que com exceção do Nenem, os demais foram presos nas suas casas.

gilbertochaguinha

Fizemos um levantamento estratégico e pedimos um apoio ao Policia Miliar, nossa coirmã, a quem a gente agradece na figura do tenente coronel Inaldo Barros, na figura do capitão PM Ubiracy Torres, de modo que a agente aumentou esse efetivo para tentar dar cumprimento a esses mandados da melhor forma possível, pontua o delegado esclarecendo que o Neném era para ser preso nessa quinta, mas teve sua prisão antecipada.

“Ele estava de bobeira em um bar, enchendo a cara com outro pessoal conhecido dele e conseguimos surpreende-lo nesse bar e já antecipamos o cumprimento do mandado de prisão contra ele ainda na noite dessa quarta”, concluiu.

 

Da redação

sdsdsdsds