As investigações em torno do caso do homem que está sendo acusado de matar duas crianças estão sendo comandadas pelo delegado Yan Brayner, de Canto do Buriti.

danilodos santos

O crime foi na localidade Bom Lugar, zona rural da cidade de Brejo do Piauí que fica a 20km de Canto do Buriti.
As vítimas tinham 11 anos (Caio) e 05 meses de vida (Maria Vitória) sendo que a menina morreu em Floriano para onde foi levada para atendimento médico no Hospital Regional Tibério Nunes.

As agressões foram no final de semana, sábado, 13. Quando a Polícia chegou no local da ocorrência a cena do crime já havia sido alterada, pois familiares e populares que apontaram o namorado da Joelma como acusado das agressões, tinham dado um banho no corpo do garoto Caio.

O acusado Danilo Veras dos Santos foi preso em seguida a ação e teria tentado abusar da própria filha de cinco meses.

Ele teria, de acordo com informações repassadas à Polícia, espancado o Caio, após uma asfixia, e jogado a menor de cinco anos de uma cama no chão.

O corpo da criança de 11 anos foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Teresina, para passar por exames e retornado na manhã de domingo para Brejo.

 Mãe que teve os filhos mortos pelo namorado esteve em FLO

Menor de cinco meses que teria sido molestada pelo pai morre em FLO

Criança de 05 meses dá entrada no Hospital de FLO após ser ferida pelo pai

 

Da redação

A dona de casa Joelma Pinto da Costa que era mãe das duas crianças (11 anos e 05 meses de idade) que foram agredidas fisicamente no final de semana na cidade do Brejo do Piauí, numa entrevista, disse que o que houve foi uma tragédia. O garoto de 11 anos foi morto ainda na residência e a criança de 05 meses ainda foi socorrida, mas terminou por morrer em Floriano.

mae

A jovem mãe estava em Floriano acompanhando a filha de 05 meses que estava internada num dos leitos do Hospital Regional Tibério Nunes, bairro Manguinha.

Ela contou que o garoto de 11 anos foi morto por asfixia e que ainda sofreu agressões na região do tórax, pois o acusado teria lhe agredido com um pedaço de cano e que a bebê de cinco meses, foi jogada no chão pelo acusado quando estava em cima da cama.

"Eu nunca pensei que fosse passar por isso", disse a dona de casa afirmando que não morava com o acusado, que era apenas namorada dele e que estavam juntos há cerca de 2 anos. “Eu nunca morei junto com ele”, externa Joelma afirmando que o companheiro nunca tinha maltratado ela.

A avó foi uma das pessoas que chegou minutos depois das agressões e percebeu que o garoto de 11 anos já estava morto e, que pegou nos braços a neta de cinco meses que estava sangrando pelos nariz e boca.

De acordo com a polícia o autor dos dois crimes é Danilo Veras dos Santos, pai da vítima de apenas cinco meses. O garoto de 11 anos era seu enteado.

"Ele falou que ia acabar com minha família, matar minha mãe", contou a  Joelma que acrescentou, “eu quero justiça pra ele não sair de lá da prisão".

A mãe e a avó estavam acompanhando a bebê enquanto a mesma era tratada em Floriano.

 Veja o vídeo gravado pelo Temístócles Filho

Menor de cinco meses que teria sido molestada pelo pai morre em FLO

Criança de 05 meses dá entrada no Hospital de FLO após ser ferida pelo pai

 

Com informações do JC24horas

Foi preso pela polícia florianense o homem que estava tirando dinheiro das pessoas na prática do crime de estelionato. O falso seminarista que atuava nas residências já havia aplicado golpes em várias pessoas, inclusive usando nomes de florianenses nas ações criminosas.

Várias denúncias foram feitas contra ele e a polícia estava no seu encalce, tão logo teve conhecimento das ações.

Ao abordar as suas vítimas ele contava várias histórias e chegou a arrecadar uma quantia significante em dinheiro, pois recebia valores variados e acima do R$ 20,00.

As mensagens entre as vítimas na rede social WhatsApp levaram o fato ao conhecimento da Polícia Militar, que passou a agir.

home

Luciano Lages Trindade, natural de Campo Maior, de acordo com informações levantadas pela polícia e repassadas ao piauinoticias, é um dependente químico (usuário de drogas) e tentava voltar a sua terra natal, mas estaria com os seus pertences em poder dos traficantes locais a quem ele já estava devendo.

Após ser preso, ainda durante a noite, o  Luciano que já tem passagem pela polícia foi mandado de volta para a sua terra de origem.

 

Da redação

Policiais militares do comando do 3º Batalhão de Floriano conseguiram apreender no bairro Nossa Senhora da Guia, em um bar naquela comunidade, muitas armas e drogas.

armas

A Operação foi feita no final de semana e, de acordo com o capitão PM Ubiracy Torres, que estava como comandante de uma das patrulhas, várias ações da PM foram desenvolvidas no final de semana, inclusive combatendo os sons abusivo que estavam sendo realizados em alguns ponto da cidade.

“Nós apreendemos armas, drogas em Clube de Reggae no bairro Nossa Senha da Guia, bar do Lucídio onde encontramos duas armas de fogo calibre 32, uma arma branca e papelotes de maconha, cocaína e crack”, disse o capitão Ubiracy afirmando que na região do cais, num Clube de reggae houve apreensão de cocaína e maconha.

Ele disse que se trata de um trabalho que foi realizado envolvendo os integrantes da Força Tática, policiais do 3º Batalhão e ainda membros do trânsito.

Não houve nenhuma prisão, pois de acordo com o PM, os indivíduos que geralmente portam as drogas dispersam o produto assim que a PM fecha o local para que as pessoas sejam abordadas. Quem também estava na coordenação da operação era o tenente PM Ivan.

pm

pm1

Da redação

 

sdsdsdsds