Banner
Banner
Banner
Encontradas ordens de pagamento da Odebrecht à cúpula do PMDB PDF Imprimir E-mail
Dom, 22 de Outubro de 2017 18:28

Órgão técnico da Procuradoria-Geral da República, a Secretaria de Pesquisa e Análise (SPEA) encontrou, no sistema eletrônico da Odebrecht, ordens de pagamento ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e ao ex-ministro Geddel Vieria Lima, a quem foram atribuídos os codinomes "Fodão" e "Babel", respectivamente. Segundo a Folha de S. Paulo, os arquivos são originais e não há a possibilidade de que tenham sido forjados.

 

A ordem de pagamento para o "Fodão" é de R$ 200 mil e datada de 27 de julho de 2010, sendo que o pagamento teria sido feito em 3 de agosto do mesmo ano, em Porto Alegre. A "Babel" constam sete ordens de pagamento em 2010, a primeira no valor de R$ 155 mil.

 

 

Além de Padilha e Geddel, foram encontradas ordens de pagamento também para o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao ex-ministro Henrique Alves. Os arquivos revelam repasses de R$ 7 milhões a Franco, outros três a Alves, com valores somados de R$ 2,17 milhões, e mais três ordens a Cunha de aproximadamente R$ 30 milhões.

 

 

msn

Última atualização em Dom, 22 de Outubro de 2017 18:30
 
Engenheiro visita FLO para elaborar projeto de melhorias na mobilidade PDF Imprimir E-mail
Sáb, 21 de Outubro de 2017 13:24

O superintendente da Superintendência de Transporte e Trânsito de Floriano recebeu, na última quarta-feira (18), a visita do engenheiro do DETRAN, Fabiano Castelo Branco, para acompanhar de perto alguns problemas de mobilidade que estão ocorrendo na cidade. Durante a visita participaram também o diretor do DETRAN de Floriano, Edgar Fernandes, o diretor e o assessor da Sutran, Isaías Manoel e Marcos Lima, respectivamente.

 edgar

A visitação foi para apresentar alguns pontos da cidade que estão dificultando a livre circulação de veículos e pedestres e buscar soluções para esses empecilhos. Entre as ruas visitadas estão: João Dantas, Elias Oka, Assad Kalume, Fernando Marques e Castro Alves, todas localizadas no centro de Floriano. De acordo o superintendente da Sutran, Carlos Eduardo, a solicitação é transformar essas ruas em via de mão única, visando dar mais fluidez ao trânsito. Além disso também foi discutido junto ao engenheiro do DETRAN a revitalização das pinturas de faixas de pedestre, assim como a afixação de placas de sinalização na região central da cidade.

 

O projeto será realizado com base no que a Sutran solicitou e no que foi apresentado in loco, este tem o prazo de conclusão de 30 dias, após seu término os recursos serão garantidos e a expectativa é executar as medidas em breve. “São providências para desafogar e dar mais segurança ao trânsito do centro de Floriano, estamos desenvolvendo um trabalho incansável para atender a todas as demandas”, disse o superintendente de Trânsito, Carlos Eduardo Kalume.

 

 

 

ascoom

Última atualização em Sáb, 21 de Outubro de 2017 13:28
 
Wellington Dias diz que aumento nos impostos manterão Estado em pé PDF Imprimir E-mail
Sáb, 21 de Outubro de 2017 10:27

wellingtonO governador Wellington Dias (PT) voltou a defender o polêmico projeto de Lei que prevê o aumento da alíquota do Imposto sobre Operações de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Em entrevista a uma TV local, veiculada sexta-feira (20), Dias afirmou que a medida é necessária para manter o que ele chamou de “principais colunas do estado”, em pé.

 

 

 

“Não é com prazer que um governante apresenta uma proposta de ampliar impostos; ninguém gosta de imposto, nem o governador, mas é uma situação que nos coloca em condições de manter o estado com as três principais colunas em pé: calendário de pagamentos em dias, serviços em atividade e capacidade de investimento”, destacou Wellington.

 

 


Em audiência realizada na ALEPI, na última quarta-feira, para prestação de contas do Estado relativas ao segundo quadrimestre de 2017, o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles ressaltou que o rombo da Previdência (que hoje chega a R$ 1 bilhão), é um dos motivos que fez com que o governo tomasse tal medida.

 

 

 

 

 

 

FONTE: cidadesnanet.com

Última atualização em Sáb, 21 de Outubro de 2017 10:39
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 4466
Banner
Banner

DEPARTAMENTO COMERCIAL

(89)9930-9050

                                                                                                                whatsapp-6in3 copy(89)9401-8521

REDAÇÃO

 

(89)3521-1241

 

 

 

REPORTAGEM

(89)9922-6983

(89)9909-2133

(89)9434-4620


EMAIL

piauinoticias@hotmail.com

:: PIAUÍ NOTÍCIAS ::
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução com autorização ou citação de fonte
linksoft