Banner
Banner
Banner
Banner
Sem Firmino, Seleção treina com Diego Souza no comando do ataque PDF Imprimir E-mail
Seg, 27 de Março de 2017 18:10

firminoNa tarde desta segunda-feira, no último treino antes do duelo contra o Paraguai, marcado para terça, às 21h45 (de Brasília), no estádio de Itaquera, o técnico Tite confirmou a escalação de Fagner na lateral direita e realizou um teste com Diego Souza, do Sport, atuando na última linha ofensiva do 4-2-3-1. O jogador pode ganhar uma chance na vaga de Roberto Firmino, que nem foi ao local devido a uma inflamação na garganta.

 

O treinamento realizado na arena corintiana, na Zona Leste de São Paulo, teve apenas os 15 minutos iniciais abertos para a imprensa, que tomou boa parte das cadeiras do setor Oeste inferior. Após um rápido aquecimento com uma roda de “bobinho” entre os atletas, com brincadeiras tímidas em meio à tarde fria na capital paulista, o treinador dividiu as equipes para um trabalho tático.

 

Mesmo com os poucos minutos de observação permitidos, foi possível ver a confirmação de Fagner como lateral direito da equipe principal, sem colete, formando a linha defensiva ao lado de Marquinhos, Miranda e Marcelo. O meio-campo foi o mesmo da goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai, com Casemiro na proteção da zaga, Philippe Coutinho, Paulinho, Renato Augusto e Neymar responsáveis pela armação.

 

Na frente veio a grande novidade. Devido à ausência de Firmino, que ficou no hotel da delegação, Diego Souza ganhou uma chance na mesma posição em que jogou os minutos finais em Montevidéu. Sem a confirmação sobre a condição de jogo do atleta do Liverpool, que passará por tratamento até o horário da partida, o jogador do Sport não pode ser assegurado entre os titulares. Sua presença, porém, é bastante provável.

 

Dentre os reservas estavam Mariano, Thiago Silva, Gil e Filipe Luís; Fernandinho, Giuliano, Willian, Diego e Dudu. Na frente, o jovem Marquinhos, da equipe sub-20 do Corinthians, ocupou a função de centroavante. Além dele, o zagueiro Franklin e o atacante Natan, ambos também da equipe de juniores do Alvinegro, ficaram à disposição no gramado para completar possíveis trabalhos até o encerramento da atividade.

 

Em movimentação à parte, os goleiros Alisson, Weverton e Ederson fizeram um trabalho específico com o preparador de goleiros Taffarel. Integrada por uma série de ex-corintianos, a comissão técnica formada por Sylvinho, Cléber Xavier, Fábio Mahseredjian e companhia foi bastante exaltada por funcionários do estádio. O técnico Tite, porém, manteve um ar de concentração e, mesmo no começo do treino tático, fez diversas orientações de posicionamento aos jogadores.

 

Com 30 pontos na tabela de classificação, a Seleção pode até assegurar uma vaga na Copa do Mundo se conseguir uma vitória sobre os paraguaios. Para que isso aconteça, porém, precisaria que tanto Chile quanto Equador, que enfrentam Venezuela e Colômbia, respectivamente, percam seus jogos.

 

gazetaesportiva

Foto: Fernando Dantas - Gazeta Press

Última atualização em Seg, 27 de Março de 2017 18:19
 
Prefeitura de FLO começa providenciar a religação da energia do Estádio Tiberão PDF Imprimir E-mail
Seg, 27 de Março de 2017 15:59

Após denúncias feitas pelo piauinoticias, são intensificados os cuidados com o Estádio Tibério Barbosa Nunes (Tiberão), principal praça de esportes de Floriano-PI. 

tiberão


Há informações de que uma equipe do primeiro escalão do Governo municipal esteve no Estádio acompanhando o que vem sendo feito desde a semana passada.

 

 

Além da recuperação do gramado, a limpeza na área externa está havendo o corte da grama e plantio em determinados locais.

 


Como a energia está suspensa pela Eletrobras por falta de pagamento, há informações de que a gestão está providenciando pagar as contas.

 

 

 

Da redação

Última atualização em Seg, 27 de Março de 2017 18:20
 
Parnahyba conquista taça do primeiro turno do Piauiense PDF Imprimir E-mail
Seg, 27 de Março de 2017 11:31

taçaaltosFoi realizada nesse domingo, 26, a final da Taça Estado do Piauí, entre Altos e Parnahyba, no estádio municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina. O Parnahyba venceu com o placar de 2 X 1 e ficou com a Taça que leva o nome “Professor Vitorino da Costa Filho”, homenagem da FFP ao ex-presidente do Esporte Clube Flamengo.

 

O Parnahyba venceu o Flamengo-PI por 2 a 1 na semifinal, resultado que colocou o Tubarão na decisão da Taça Estado do Piauí. Desde 2014, o Tubarão não disputa uma decisão de turno. Já Altos chegou à final do turno após empatar em 0 a 0 com o River-PI na semifinal. O Jacaré tinha a vantagem do empate na prorrogação e se classificou. Para a final Altos permanece com a vantagem do mando de campo e podendo conquistar o título com um empate na prorrogação.

 

O jogo começou muito equilibrado com uma leve tendência de domínio pela equipe do Altos, mas por volta dos 20 minutos o time do Tubarão passou a encaixar as jogadas e entrar na área do Jacaré de forma mais perigosa. Quando o gol do Parahyba parecia maduro, Siderval fez falta que o lateral Thiaguinho do Altos cobrou forte, de longe, pela direita. A bola passou pela barreira e morreu no canto do goleiro Alex, abrindo o placar para o Jacaré aos 38 minutos.

 

A chuva apertou no Lindolfo Monteiro e o pequeno público se agasalhou como pode. O Parnahyba ficou em situação delicada. Mas o Tubarão, o Rei do Lindolfo não desiste e arrancou o empate no minuto final do primeiro tempo e deixa caminho aberto para a tão sonhada taça. Aos 45 minutos, numa jogada desconcertante de Yerien pela esquerda, que balançou a defesa do Altos o atacante toca para Tininho, que domina na marca do pênalti e coloca no ângulo de Rodrigo empatando o jogo.

 

O segundo tempo começou com o Altos chegando mais ao ataque, é uma equipe bem montada, com grandes jogadores e sempre levando muito perigo a meta do goleiro Alex. Mas o Parnahyba é um time de chegada tem jogadores experientes e sabe se posicionar em campo e tem em Fernando Tonet um grande treinador que sabe orientar seus comandados e foi assim que das adversidades da partida aos 25 minutos, Bafana e Marcelo se confunde e não conseguem tirar bola da área, e Jânio Daniel, atacante do Parnahyba aproveitou a indecisão e colocou a bola no cantinho do goleiro Rodrigo do Altos, desempatando a partida. Era a virada do Parnahyba pra cima do Altos.

 

Precisando vencer, pois só a vitória lhe dá o título do turno, a partir do gol da virada o Parnahyba passa a fazer o jogo de segurança e segura a bola por mais tempo no campo de ataque do Altos.

 

Escalações das equipes:

Altos: Rodrigo Carvalho; Chiquinho, Vitor Bafana, Marcelo e Thiaguinho; Nonato, Dos Santos, Leandro Sobral (Jeremias) e Vágne (Alex Mineiror); Manoel (Mauro Santos) e Joelson. Técnico: Ruy Scarpino

 

Parnahyba: Alex; Tiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Sideval (Dênis); Ramon, Marcos Gasolina e Dunga; Tininho, Yerien (Alan Rosário) e Jânio Daniel. Técnico: Fernando Tonet

 

A final da Taça Estado Piauí com dois times do interior não acontece desde 2011. À época, Comercial-PI e Parnahyba se enfrentaram – o Bode de Campo Maior ficou com o título. Desde então, sempre um clube da capital chegou à decisão do turno. Em 2017, o interior voltou a dominar.

 

Leonardo Marques Fortes apitou. Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Marcio Iglesias Araújo Silva foram os assistentes. O quarto árbitro ficou a cargo de Diego da Silva Castro.

 

O resultado de campeão da Taça Estado do Piauí já assegura o vice-campeonato do Piauiense, o que garante vaga para a Copa do Brasil e uma inédita vaga na Copa Nordeste que serão realizadas em 2018. Ainda credencia o Tubarão para a disputa da final do campeonato piauiense que garante vaga ao campão na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018.

 

Foi realizada nesse domingo, 26, a final da Taça Estado do Piauí, entre Altos e Parnahyba, no estádio municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina. O Parnahyba venceu com o placar de 2 X 1 e ficou com a Taça que leva o nome “Professor Vitorino da Costa Filho”, homenagem da FFP ao ex-presidente do Esporte Clube Flamengo.

 

O Parnahyba venceu o Flamengo-PI por 2 a 1 na semifinal, resultado que colocou o Tubarão na decisão da Taça Estado do Piauí. Desde 2014, o Tubarão não disputa uma decisão de turno. Já Altos chegou à final do turno após empatar em 0 a 0 com o River-PI na semifinal. O Jacaré tinha a vantagem do empate na prorrogação e se classificou. Para a final Altos permanece com a vantagem do mando de campo e podendo conquistar o título com um empate na prorrogação.

 

O jogo começou muito equilibrado com uma leve tendência de domínio pela equipe do Altos, mas por volta dos 20 minutos o time do Tubarão passou a encaixar as jogadas e entrar na área do Jacaré de forma mais perigosa. Quando o gol do Parahyba parecia maduro, Siderval fez falta que o lateral Thiaguinho do Altos cobrou forte, de longe, pela direita. A bola passou pela barreira e morreu no canto do goleiro Alex, abrindo o placar para o Jacaré aos 38 minutos.

 

A chuva apertou no Lindolfo Monteiro e o pequeno público se agasalhou como pode. O Parnahyba ficou em situação delicada. Mas o Tubarão, o Rei do Lindolfo não desiste e arrancou o empate no minuto final do primeiro tempo e deixa caminho aberto para a tão sonhada taça. Aos 45 minutos, numa jogada desconcertante de Yerien pela esquerda, que balançou a defesa do Altos o atacante toca para Tininho, que domina na marca do pênalti e coloca no ângulo de Rodrigo empatando o jogo.

 

O segundo tempo começou com o Altos chegando mais ao ataque, é uma equipe bem montada, com grandes jogadores e sempre levando muito perigo a meta do goleiro Alex. Mas o Parnahyba é um time de chegada tem jogadores experientes e sabe se posicionar em campo e tem em Fernando Tonet um grande treinador que sabe orientar seus comandados e foi assim que das adversidades da partida aos 25 minutos, Bafana e Marcelo se confunde e não conseguem tirar bola da área, e Jânio Daniel, atacante do Parnahyba aproveitou a indecisão e colocou a bola no cantinho do goleiro Rodrigo do Altos, desempatando a partida. Era a virada do Parnahyba pra cima do Altos.

 

Precisando vencer, pois só a vitória lhe dá o título do turno, a partir do gol da virada o Parnahyba passa a fazer o jogo de segurança e segura a bola por mais tempo no campo de ataque do Altos.

 

Escalações das equipes:

Altos: Rodrigo Carvalho; Chiquinho, Vitor Bafana, Marcelo e Thiaguinho; Nonato, Dos Santos, Leandro Sobral (Jeremias) e Vágne (Alex Mineiror); Manoel (Mauro Santos) e Joelson. Técnico: Ruy Scarpino

 

Parnahyba: Alex; Tiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Sideval (Dênis); Ramon, Marcos Gasolina e Dunga; Tininho, Yerien (Alan Rosário) e Jânio Daniel. Técnico: Fernando Tonet

 

A final da Taça Estado Piauí com dois times do interior não acontece desde 2011. À época, Comercial-PI e Parnahyba se enfrentaram – o Bode de Campo Maior ficou com o título. Desde então, sempre um clube da capital chegou à decisão do turno. Em 2017, o interior voltou a dominar.

 

Leonardo Marques Fortes apitou. Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Marcio Iglesias Araújo Silva foram os assistentes. O quarto árbitro ficou a cargo de Diego da Silva Castro.

 

O resultado de campeão da Taça Estado do Piauí já assegura o vice-campeonato do Piauiense, o que garante vaga para a Copa do Brasil e uma inédita vaga na Copa Nordeste que serão realizadas em 2018. Ainda credencia o Tubarão para a disputa da final do campeonato piauiense que garante vaga ao campão na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018.

 

portalaz

Última atualização em Seg, 27 de Março de 2017 12:28
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 2293
Banner
Banner

DEPARTAMENTO COMERCIAL

(89)9930-9050

                                                                                                                whatsapp-6in3 copy(89)9401-8521

REDAÇÃO

 

(89)3521-1241

 

 

 

REPORTAGEM

(89)9922-6983

(89)9909-2133

(89)9434-4620


EMAIL

piauinoticias@hotmail.com

:: PIAUÍ NOTÍCIAS ::
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução com autorização ou citação de fonte
linksoft