Banner
Banner
Banner
Banner
Gabigol nega arrependimento por sair do Santos, quer recomeço na Inter e sonha com Seleção PDF Imprimir E-mail
Qui, 22 de Junho de 2017 16:37

gabigolGabigol se despediu do Santos no fim de agosto do ano passado em busca de realizar um sonho no futebol europeu. Rumou à Itália para atuar na Internazionale de Milão, mas, quase um ano após sua partida, nem tudo aconteceu como ele esperava.

 

Na primeira temporada no Velho Continente, o atacante teve poucas oportunidades e, na maioria das partidas, não saiu do banco de reservas – foram 10 jogos (só um como titular), com 184 minutos em campo (equivalente a pouco mais de duas partidas completas).

 

Mesmo assim, Gabigol não se arrepende de ter saído do Peixe e pretende se reerguer no futebol italiano na próxima temporada. Especulado para ser emprestado ao Las Palmas, da Espanha, o ex-Menino da Vila desconversou.

 

– Claro que não me arrependo. Fui feliz no Santos, conquistei títulos e saí para um grande time. A primeira temporada é sempre difícil, mas hoje eu sou um novo jogador, um novo homem, entendo mais o futebol na Itália. Fui feliz no Santos e vou ser feliz na Inter – disse o atacante.

 

 

Antes de deixar o Santos, Gabigol vivia um momento completamente diferente na carreira. A principal prova disso é que ele era convocado constantemente para a seleção brasileira, onde fez parte do elenco que conquistou a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

 

Um ano depois, por conta das poucas atuações na Europa, o atacante perdeu espaço com Tite, mas espera por uma boa temporada pela Inter para voltar a ser opção.

 

– É um grande sonho. Vou seguir trabalhando forte para voltar a ser convocado. É um dos meus objetivos – projeta.

 

Gabigol chegou à Inter de Milão em agosto do ano passado. O atacante foi contratado por 29,5 milhões de euros (cerca de R$ 109 milhões) junto ao Peixe. Pelo Santos, atuou em 156 jogos, com 57 gols e 25 assistências.

 

GE

Última atualização em Qui, 22 de Junho de 2017 16:40
 
Santos vai acionar Fifa e notificar Barça por assédio a Lucas Lima PDF Imprimir E-mail
Qui, 22 de Junho de 2017 16:30

lucasBarcelona e Lucas Lima ainda não chegaram a assinar um pré-contrato para que o jogador se apresente em janeiro de 2018. Porém, o Santos já se movimentou nos bastidores e irá acionar a Fifa para denunciar um possível aliciamento do time catalão ao camisa 10 santista.

 

Apesar do acordo ainda não ter sido fechado, a diretoria do Peixe entende que o Barça está descumprindo o regulamento da Fifa, já que vem sondando o meia antes de 1º de julho, quando ele poderá assinar um pré-contrato. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pela Gazeta Esportiva.

 

Após a saída de Neymar em 2013, Santos e Barcelona também travaram uma briga na Justiça. Na ocasião, o alvinegro também entendeu que o time catalão assediou a joia antes do tempo permitido pela Fifa. Vale lembrar que o pai do craque barcelonista é quem vem intermediando as negociações com Lucas Lima.

 

O contrato do meia com o Santos vence no dia 31 de dezembro. O presidente Modesto Roma Júnior já fez uma oferta de renovação. Porém, o meia ainda não se posicionou.

 

Internamente, os dirigentes do alvinegro já tratam a saída de Lucas Lima como certa. O pessimismo acontece por conta da demora do camisa 10 em dar uma resposta sobre a proposta de renovação, que é considera ‘muito boa’ até por representantes do jogador.

 

gazetaesportiva

Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Última atualização em Qui, 22 de Junho de 2017 16:34
 
Para chegar ao topo da tabela, Cruzeiro busca sequência que não vem há 2 meses PDF Imprimir E-mail
Qui, 22 de Junho de 2017 11:42

cruzDistante nove pontos do líder Corinthians, que também joga nesta quinta-feira, o Cruzeiro inicia a missão de atingir uma sequência de vitórias no Campeonato Brasileiro para voltar a lutar pelas primeiras posições da competição. Entretanto, a tarefa de conseguir uma vitória atrás da outra tem sido árdua nos últimos meses. Desde o começo de abril, o feito não é alcançado pelos comandados de Mano Menezes.

 

A última vez que conseguiu uma boa sequência de vitórias foi entre entre o dia 1º e o dia 13 de abril. Na ocasião, foram quatro triunfos consecutivos: 2 a 1 sobre o Atlético-MG (Campeonato Mineiro) e Nacional-PAR (Copa Sul-Americana), além de dois vitórias por 2 a 0 sobre Democrata GV (Campeoanto Mineiro) e São Paulo (Copa do Brasil).

 

Desde então, os comandados de Mano Menezes não conseguem nem sequer duas vitórias seguidas na temporada. A última sequência foi interrompida pelo 0 a 0 com o Atlético-MG no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro. O jogo seguinte foi de vitória: 1 a 0 sobre a Chapecoense, pelas oitavas da Copa do Brasil. Depois, duas derrotas doloridas: 2 a 1 para o rival Atlético e perda do título mineiro e derrota para o Nacional-PAR, pelo mesmo placar, ocasionando a eliminação da Copa Sul-Americana.

 

O triunfo voltou com o 1 a 0 sobre o São Paulo, na estreia do Brasileiro. Entretanto, na segunda rodada, o time empatou por 1 a 1 com o Sport. Na terceira rodada, venceu o Santos por 1 a 0. Mas novamente teve a tentativa de sequência interrompida com um empate por 0 a 0 (Copa do Brasil) e uma derrota por 2 a 0 para a Chapecoense (Brasileiro), além de um revés por 1 a 0 para o Bahia, também pelo campeonato nacional. A equipe de Mano Menezes voltou a vencer com o 2 a 0 sobre o Atlético-GO, mas, depois, perdeu por 1 a 0 para o Corinthians e empatou por 3 a 3 com o Grêmio, todos os jogos pelo Brasileiro.

 

A sequência irregular no Campeonato Brasileiro deixou o Cruzeiro no meio da tabela, com 11 pontos e a nove do líder Corinthians. Para o meia Thiago Neves, uma série de vitórias é justamente o que falta para o time ganhar a confiança.

 

- Time a gente tem, mas os resultados não estão acontecendo. A gente vem se empenhando, jogando bem, mas, às vezes, as coisas não acontecem como a gente quer. Mas, daqui a pouco, as coisas começam a se encaixar, daqui a pouco o resultado começa a aparecer. A gente precisa de uma sequência de vitórias para poder brigar lá em cima e ver o que vai disputar - disse o jogador.

 

A partida contra a Ponte Preta, nesta quinta-feira, é essencial, já que os dois times estão com 11 pontos e tentam se aproximar dos primeiros colocados. Para o meia Robinho, como o Cruzeiro tropeçou em casa com o Grêmio, a obrigação de vitória no Moisés Lucarelli aumenta.

 

- O ideal era vencer (o Grêmio) para ficar perto do G-4, mais perto do Corinthians e Grêmio. Vamos agora para vencer, porque a gente não pode deixar desgarrar não.

 

Ge

Foto: Washington Alves / Cruzeiro

Última atualização em Qui, 22 de Junho de 2017 11:57
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 2420
Banner
Banner
Banner

DEPARTAMENTO COMERCIAL

(89)9930-9050

                                                                                                                whatsapp-6in3 copy(89)9401-8521

REDAÇÃO

 

(89)3521-1241

 

 

 

REPORTAGEM

(89)9922-6983

(89)9909-2133

(89)9434-4620


EMAIL

piauinoticias@hotmail.com

:: PIAUÍ NOTÍCIAS ::
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução com autorização ou citação de fonte
linksoft