Ivan Monteiro, atual diretor financeiro da Petrobrás, irá substituir Pedro Parente no comando da estatal. O Estadão apurou que o nome do diretor foi escolhido na reunião desta sexta-feira, 01, do conselho de administração da petroleira. Inicialmente, o executivo irá assumir interinamente, mas, as chances dele ocupar o cargo permanentemente são grandes. A escolha foi noticiada em primeira mão pela Coluna do Estadão que disse que o executivo só aceitou o novo posto depois de receber a garantia de que não haverá interferência na política de preços da empresa.

O nome de Ivan foi sugerido pelo presidente do conselho de administração da Petrobras, Luiz Nelson Silva de Carvalho. Na avaliação dos conselhos, o executivo é o nome mais indicado para continuar a conduzir o plano estratégico da petroleira, que incluiu desinvestimentos e foco no pré-sal.

Com a aprovação de Monteiro, o governo atende o pedido feito por Parente a Temer para que os procedimentos de governança aprovados em sua gestão sejam cumpridos. Um deles é o de contratação, a partir de uma lista tríplice de candidatos escolhidos por uma consultoria externa. Além disso, após identificado o melhor nome, ele deve passar por uma batelada de verificações que certifique sua idoneidade. A eleição de um executivo da diretoria ou do conselho resolve o problema, por que essa pessoa já passou por esse processo e assim a substituição pode ser imediata.

O executivo entrou na Petrobras durante a gestão de Aldemir Bendine e continuou como nome forte da estatal durante o comando de Parente.

 

msn

sdsdsdsds