A demissão das pessoas que estavam como assessores dos vereadores na Câmara de Floriano, de acordo com o vereador Miguel vieira, foi a falta de planejamento.

.SAM 5013

 A Câmara demitiu, exatamente no período do final de ano, dois assessores de cada vereador e alegação da mesa da Casa Legislativa é que foi devido ao pagamento do 13º Salário dos parlamentares que o ano passado não teve, mas que teve a aprovação no exercício de 2017 e o repasse foi feito agora.

Com a aprovação do projeto os 14 vereadores e esposas de alguns vereadores falecidos receberam metade do 13º no meio do ano e o restante nesse final de ano.

A Câmara teve um aumento na folha que se aproximou dos R$ 180.000,00. Por conta desse extra dos parlamentares, outras obrigações do poder foram também canceladas.

“Isso é algo que teria que ser melhor planejado. Vejo com tristeza porque nos dias de hoje nenhuma pessoa fica satisfeita tendo uma fonte de renda sendo retirada do seu orçamento, principalmente no final do ano. Mas que é necessário serenidade por parte da Mesa Diretora da Câmara, por parte dos vereadores e procurar uma saída de forma tranquila sem criar nenhum clima desfavorável a boa harmonia da Casa”, disse o vereador Miguel.

 

Pagamento do 13º de vereadores/FLO provoca suspensão de assessores

 Da redação

 

sdsdsdsds