O deputado estadual Dr. Pessoa (SDD), candidato derrotado nas eleições último domingo (7), afirmou nesta quarta-feira (10), que sua assessoria jurídica vai pedir à justiça eleitoral a anulação do resultado do pleito que reelegeu o governador Wellington Dias (PT).

dr pessoa

 Pessoa que teve 355.706 votos contra 965.686 votos do petista, questiona a segurança das urnas eletrônicas.  No momento de sua votação, o candidato chegou a causar um tumulto, afirmando que sua foto não havia aparecido no momento do voto. Ele só saiu do local após a chegada de sua equipe de advogados.

O Ministério Público Eleitoral chegou a pedir a impugnação da seção eleitoral em que votou o candidato, alegando violação do sigilo do voto. “Estamos vendo ainda o que pode ser feito juridicamente, a segurança das urnas é um questionamento que não parte só do Dr. Pessoa, mas de várias partes do Brasil, essas maquininhas não são 100%”, disse o candidato.

O deputado exige um esclarecimento por parte da justiça eleitoral sobre o que houve durante a sua votação.

 

portalaz

A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) defendeu, nesta quarta-feira, 10, que o candidato do PT Fernando Haddad renuncie à campanha presidencial nas eleições 2018 “em nome da democracia”. O objetivo de sua proposta é que o petista, ao abrir mão da disputa, abra espaço para que Ciro Gomes (PDT) seja o adversário de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

ciro

“Eu não estranharia e acharia muito digno se por acaso ele (Haddad) desistisse da candidatura vendo que pode entregar o País a um fascismo religioso”, afirmou, referindo-se a Bolsonaro. “A lei é clara. Se ele renunciar à sua candidatura, Ciro Gomes é o candidato. E é o único capaz de vencer Bolsonaro”, justificou.

A proposta de Kátia Abreu se baseia no artigo 77 da Constituição Federal, que no inciso 4º diz que “se, antes de realizado o segundo turno, ocorrer morte, desistência ou impedimento legal de candidato, convocar-se-á, dentre os remanescentes, o de maior votação”.

 Kátia Abreu disse também que não fará campanha para Haddad, apesar da decisão do partido de optar pelo “apoio crítico”. “PDT só deu apoio crítico ao PT para não dar uma de Pôncio Pilatos, para não lavar as mãos diante da ameaça e fascismo que a outra candidatura representa. O PT que tinha uma causa lá atrás não existe mais, não vale a pena defender.” A senadora afirmou ainda irá votar em “branco” ou “nulo” em 28 de outubro.

 

 

Na primeira pesquisa eleitoral do segundo turno, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com 54% das intenções de votos válidos.

bolsonarohaddad

O petista Fernando Haddad tem 46%. O levantamento foi feito pela consultoria de pesquisa Ideia Big Data em parceria com VEJA.

A pesquisa ouviu presencialmente 2.036 eleitores das cinco regiões do país entre a última segunda e esta quarta-feira.

A margem de erro é de 2,67% pontos porcentuais para mais ou para menos. O número de registro no TSE é BR-09687/2018.

Bolsonaro chegou ao segundo turno com a preferência de 46,03% do eleitorado (ou 49,2 milhões de votos). Haddad teve 29,28% dos votos válidos (31,3 milhões de votos).

 

Fonte: Veja

Mais uma rua tem a pavimentação asfáltica concluída em Floriano. A Rua Marques da Rocha que compreende do Anel Viário (Dirceu Arco Verde) ao antigo Colégio Santa Teresinha, centro, está tendo a obra concluída.

asfaltiva

A via, por ser onde há as instalações do 3º Batalhão da Polícia Miliar, é considerada de emergência.

Vamos continuar trabalhando na pavimentação asfáltica e na pavimentação poliédrica”, teria afirmado o secretário James Buriti, de Governo na administração Joel Rodrigues, em Floriano-PI.

Até o final da tarde máquinas pesadas estavam trabalhando no local.  Na última imagem o encontro da Marques da Rocha com a Avenida Dirceu Arco-verde, bairro Terra Preta.

asfaltica

 

Da redação

sdsdsdsds