Na noite de ontem, 16, no bairro Aeroporto, um homem identificado como Wesley da Cunha Maciel, 27 anos, foi morto a tiros. A vítima estava sentada na porta de casa, acompanhado da esposa e alguns amigos, quando foi alvejada com um disparo de arma de fogo. A Polícia Civil está investigando o crime.

De acordo com o delegado Francisco Baretta, coordenador da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Wesley, que seria vendedor de gás, teria envolvimento com o tráfico e já havia sido preso por roubos praticados na região. “Testemunhas afirmaram que o carro se aproximou e um homem chamou o Wesley. Quando ele se levantou, houve o disparo que o atingiu no peito”, relatou o delegado.

O crime aconteceu por volta das 22 horas, a Polícia Militar esteve no local para isolar a área e colher as primeiras informações, e o caso já foi repassado ao um delegado da DHPP, que dará início às investigações. Até o momento, a polícia não tem suspeitos.

Violência também na zona Leste

Além do homicídio de Wesley Maciel no bairro Aeroporto, Teresina teve ainda um outro assassinato registrado, desta vez, no bairro Pedra Mole, zona Leste. A vítima deste segundo caso foi identificada como Felipe Araújo da Silva, 30 anos, e foi alvejado com vários disparos de arma de fogo efetuados por um homem ainda não identificado.

Segundo o delegado Baretta, o suspeito estava em uma motocicleta e se evadiu do local logo após o crime. As motivações do crime ainda não ficaram claras, mas, de acordo com a polícia, a vítima seria usuária de drogas, o que caracterizaria o homicídio como um provável acerto de contas do tráfico. O caso também segue sob investigação pela DHPP.

 

com informações do portalodia

sdsdsdsds