Uma professora identificada como Alzira Ximenes morreu na tarde desta sexta-feira, 07, no centro de Teresina, após ter sido atingida por um guindaste transportado por um caminhão de uma empresa prestadora de serviços da Eletrobras. A principal hipótese é de que o aparelho tenha se desprendido durante o trajeto do veículo.

 

Segundo relato de populares, a vítima estava na companhia do marido, identificado como Antônio Francisco, nas proximidades ao carro do casal, modelo Gol, cor verde, de placa 8175, quando foi atingida pelo guindaste que, solto, atingiu dois veículos estacionados na rua 24 de janeiro.

 

A mulher morreu no ato da colisão e o corpo ainda encontra-se em plena via. O marido foi encaminhado em estado grave para atendimento no Hospital de Urgências de Teresina (HUT) por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu.

 

A via está interditada. Equipes da Rone foram acionadas e estão no local garantindo a integridade da cena e auxiliando no trabalho de perícia. Uma multidão de curiosos se aglomera nas proximidades da colisão.

 

Informações preliminares apontam que a vítima era funcionária de uma faculdade localizada na rua 24 de janeiro. O outro carro atingido pelo guindaste era um carro, modelo Fiesta, cor vinho, de placa NXK – 6400.

 

O comerciante Delfran Silva contou  que presenciou parte da ação. “Ouvi um barulho muito forte. Quando fui ver só percebi o guindaste arrastando os veículos. O corpo dela já estava no chão”, explica.

 

O Instituto Médico Legal (IML) já foi acionado para realizar a retirada do corpo da vítima. Ela apresentava um corte profundo na cabeça, na região da testa.

 

cidadeverde

 

Nessa madrugada de sexta-feira um caminhoneiro foi assaltado num trecho da rodovia BR 230, área da localidade Paracaty, zona rural do município de Floriano-PI.

 

 

O motorista Francisco Carlos Otávio esteve na Central de Flagrantes da Polícia Civil nesta manhã para prestar queixa do crime e afirmou que parou no acostamento porque o veículo teve um problema e aguardava um mecânico. "No caminhão estourou o cfranciscocarlosurricão e travou as rodas", disse ele.

 

 

Dois elementos  pararam perguntaram se eu estava precisando de alguma ajuda e quando abri o vidro do caminhão, eles anunciaram o assalto usando um revolver,  contou a vitima à polícia.

 

 

 

Os elementos estavam num moto Fan preta, um deles de camisa verde com botões  e outro com camisa marrom também com botões, usavam capacete e conseguiram levar R$ 500,00 em dinheiro e todos os meus documentos, disse.

 

 

Seu Francisco está dos cerrados para Teresina com uma carrada de milho. Quando foi assaltado ele disse que esperava por um mecânico.

 

 

 

Da redação

IMAGEM: piauinoticias.com

 

franciscoealderlanApós uma longa perseguição pelas ruas e avenidas de Parnaíba, uma guarnição da Força Tática prendeu, na noite dessa quinta-feira, 06, uma dupla de assaltantes identificados como Francisco Evandro da Silva Oliveira, 40 anos, e Alderlan Machado de Almeida, 32 anos.

 

Os dois são acusados de roubar um casal nas proximidades da escola Normal, no bairro Nova Parnaíba. Após o assalto os dois fugiram em uma motocicleta Honda 150, de cor preta, placa NIE-2880.

 

A polícia recebeu informação de que a motocicleta estava parada nas proximidades do Posto São Lucas, localizado no cruzamento das Avenidas Princesa Izabel com Coronel Lucas no Bairro São Francisco da Guarita.

 

Logo foi iniciada a perseguição, porém ao chegarem na Rua Alberto Correia no Bairro Nova Parnaíba o garupeiro Alderlan Machado desceu da moto atravessou correndo a Avenida Princesa Izabel quando era esperado por um outro indivíduo que estava em uma moto Honda Titan de cor vermelha e lhe deu fuga.

 

O assaltante Francisco Evandro, que é velho conhecido da polícia, prosseguiu em fuga, mas foi capturado em um terreno baldio na Rua Coelho Rodrigues no Bairro São José.

 

Francisco Evandro foi levado para a Central de Flagrantes, lá compareceu um casal que o reconheceu como sendo o autor do assalto e disseram que ele levou um celular, a quantia de R$ 40,00 e documentos pessoais.

 

No início da madrugada desta sexta, 07, por volta das 0:30h, uma equipe de moto patrulha da Força Tática da Polícia Militar conseguiu prender Alderlan de Almeida Machado,  que seria comparsa de Francisco Evandro.

 

 

Com informações do Blog do Yuri Gomes

jovem712012Uma jovem de 21 anos foi presa nessa quinta-feira, 6), depois que a polícia descobriu que ela simulou o próprio sequestro em Santos, no litoral de São Paulo. Outras cinco pessoas envolvidas no crime foram presas.

 

Segundo o depoimento que a jovem deu para a polícia, uma briga com os pais teria feito ela simular o próprio sequestro. O objetivo era testar o quanto os pais gostavam dela. Sem mostrar o rosto, a jovem concordou em contar o que fez. “Eu briguei com meus pais e fui para a casa da minha tia. Foi na hora que eu sai da casa da minha tia que um moleque ligou. Foi aí que eles inventaram de fazer o sequestro”, confessou ela.

 

O delegado Carlos Alberto da Cunha disse que ela será presa porque participou do crime. “Em determinado momento a família tentou falar com ela. Ela pegou o telefone e simulou o choro, simulou sofrimento, deixou os familiares super preocupados. Ela participou efetivamente falando com a mãe ao telefone”, falou.

 

Os policiais acabaram descobrindo a armação e conseguiram encontrar o grupo. Na delegacia, a jovem disse que se arrependeu de ter simulado o próprio sequestro. “Quando eu vi minha mãe e minha tia aqui eu fiquei muito abalada. O coração acelerou. Eu jamais queria fazer isso. Eu estou arrependida por ter feito ela ficar nervosa, por ter feito minha família ficar nervosa e sofrer comigo”, afirmou. Ela disse que irá pagar pelo crime e que irá mudar quando sair do presídio.

 

O delegado diz que os cinco rapazes que participaram do falso sequestro vão ser autuados pelo crime de extorsão porque estavam exigindo dinheiro dos pais da jovem. Já ela vai ser autuada por estelionato.

 

G1