noemiaO Tribunal do Júri da Comarca de Valença em sessão presidida pelo juiz Dr. Juscelino Norberto absolveu, nesta quinta-feira (13), Noêmia Maria da Silva Barros da acusação de homicídio praticado contra a ex-primeira dama de Lagoa do Sitio Gercineide Monteiro, 35 anos, em fevereiro de 2015.

Com essa decisão, os dois réus do processo Noêmia Barros e o ex-prefeito de Lagoa do Sitio Zé Simão foram inocentados ficando o homicídio sem autoria.

No caso do ex-prefeito, Zé Simão que foi julgado em junho desse ano em Oeiras, o Ministério Publico recorreu e existe a possibilidade de um novo julgamento, uma vez que segundo o Ministério Público, os jurados proferiram sentença contrária as provas técnicas contidas nos autos.

 Entenda o caso

Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, de 35 anos, foi encontrada morta dentro de sua casa, em cima da cama no dia 10 de fevereiro de 2015. Inicialmente, acreditava-se que a primeira-dama teria sido vítima de um infarto fulminante, mas a perícia da Polícia Civil apontou que ela foi assassinada com um tiro na cabeça e indiciou como autores o ex-prefeito e a empregada da família Noêmia Barros.

 

Portal V1

miscilenefranciscaPor volta das 20:00h, de ontem, 13, a Polícia Militar, através de uma guarnição do motopatrulhamento comandada pelo sargento Rílson Guedelho, tendo como patrulheiros os cabos Hílton e Williann, desarticulou uma venda de drogas , na localidade Cidade Sem Deus, Bairro Santa Luzia em Parnaíba.drogas

Segundo informou o sargento Guedelho, sua equipe fazia rondas de rotina quando uma mulher, na Rua Felipe Mota, entrou apressadamente para dentro de casa com um prato em mãos, ao avistar a polícia, e os militares acompanharam a mulher. Naquele momento o local estava movimentado.

A mulher suspeita foi identificada como Miscilene Maria de Sousa. Segundo a polícia, ela estava com um prato em mãos com porções de cocaína embaladas em saquinhos plásticos e uma solta no prato. No bolso de Miscilene Sousa foram encontrados R$ 22,25.

Uma senhora de 51 anos, que se apresentou como Francisca Maria da Silva Gomes, disse que a droga lhe pertencia. Rapidamente um tumulto se fez em frente à residência e o sargento Guedelho solicitou reforço de duas guarnições da Força Tática, sendo prontamente atendimento. As acusadas e quatorze saquinhos com cocaína foram levados para a Central de Flagrantes.

 

om informação do portalcostanorte

joaobatistaUm lavrador aposentado identificado como João Batista Carneiro, de 82 anos, foi preso, nessa quinta-feira, 13,  acusado de estupro de vulnerável. De acordo com informações da delegada Daniella Dinali, que está na frente do inquérito, o idoso é suspeito de abusar sexualmente de duas bisnetas, uma de 10 e outra de 8 anos.

A prisão ocorreu na residência do acusado, situada na localidade Frecheiras, na zona rural da cidade de Cocal, região Norte do Piauí.

As investigações do caso começaram depois que alguns familiares do aposentado, que também tem parentesco com as crianças, denunciarem os abusos ao Conselho Tutelar da cidade, que de imediato repassou a queixa para a delegacia da Polícia Civil.

Segundo a delegada, o depoimento das vítimas apontaram que os abusos aconteciam há mais de três anos. Os familiares não tomaram conhecimento do ocorrido porque as crianças eram ameaçadas pelo bisavô.

A prisão ocorreu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz titular da Comarca de Cocal, Dr. Carlos Augusto Arantes Júnior.

O homem encontra-se recolhido temporariamente no distrito policial de Cocal. Ele será transferido para um presídio do Estado, onde ficará encarcerado a disposição da justiça.

 

Com informções do blogdocoveiro

A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia de Polícia de Barão de Grajaú, após longa investigação, identificou e prendeu o autor de pelo menos 08 estupros (consumados e tentados) ocorridos neste município entre os anos 2016 e 2018.

O autor Francivaldo de Sousa Barros, de 23 anos, de acordo com informações policiais, foi preso preventivamente nessa quinta-feira, 13.

Após intensas investigações a equipe de Policiais Civis, coordenada pelo agente Firmino Vilarinho, delegado de Polícia Civil, logrou êxito em identificar o suspeito e, após reconhecimento do mesmo por parte de pelo menos 07 vítimas, a autoridade policial representou pela prisão preventiva do homem que está sendo acusado de ser um estuprador.

prebartoi

Foi dado cumprimento ao mandado expedido nesta data.

“Mais um caso de bastante repercussão na cidade de Barão de Grajaú – MA resolvido pela Polícia Civil, reiterando o compromisso de trazer paz e segurança para a comunidade. A operação contou com o apoio do DPC José André Almeida dos Santos” externa a autoridade policial.

 

ASCOM Polícia Civil 

sdsdsdsds