onibusNa madrugada desta sexta-feira, 13, um ônibus escolar foi furtado e os suspeitos levaram as duas baterias. O carro ficava estacionado em frente a uma escola municipal porque o proprietário acreditava estar em um “ambiente mais seguro”. O veículo foi encontrado horas depois por trás do Terminal da Rodoviária Rural no Centro de Teresina. No local onde o ônibus foi furtado ficam outros quatro.

 “Eles entraram pela janela do ônibus, arrombaram o contato do carro, ligaram o carro direto. O localizei agora há pouco por trás do Verdão. Ele ficava na porta de um colégio, no bairro Pirajá, achava que fosse seguro, mas agora preciso encontrar outro lugar. Essa foi a primeira vez que aconteceu comigo, mas já soube de outros casos”, disse o proprietário do veículo,  Antônio Barbosa, que presta serviços à Prefeitura de Teresina no transporte de alunos.

“O motorista chegou para pegar o ônibus, mas o ônibus já não estava mais lá. Parece que eles pegaram o ônibus por volta de uma, duas horas da manhã”, acrescentou o proprietário. O condutor iria pegar os alunos para levar até a escola na manhã de hoje. Outro ônibus fez o transporte para que os alunos não ficassem prejudicados.

O sargento Gilberto Carvalho, do Batalhão de Guarda, relatou que foi acionado para ajudar nas buscas pelo veículo. O policial informou que essa não foi a primeira vez que tentaram furtar o mesmo ônibus. “Na semana passada tentaram arrombar para levar as baterias, mas não conseguiram porque ele fica muito próximo a um poste e não tinha como levantar a tampa, e hoje roubaram foi o ônibus para poder tirar. Só tiraram as baterias”.

Não há informações sobre os suspeitos de praticar a ação. A Polícia Militar deverá reforçar o patrulhamento na região.

O proprietário já solucionou o problema as baterias para continuar prestando assistência aos alunos.

 

cv

Nessa última quarta-feira, 11,  um criminoso se aproveitando de um horário de pouco movimento no comércio, pois se tratava do meio dia, conseguiu levar uma caixa de som da empresa Miguel Eletromóveis, à Praça Sebastião Marins, centro de Floriano. O homem passa algumas vezes na loja observando o movimento.

ladrao

No momento do crime os colaboradores estavam no interior da empresa e o empresário estava resolvendo questões de negócios fora da loja. O criminoso estava usando uma camisa vermelha, usava calção e de forma sorrateira pegou uma  caixa de som e saiu tranquilo no sentido o Mercado Central, mas ao se aproximar da Rua Assad Kalume desceu no sentido a Beira-rio.

O crime somente foi percebido cerca de 24 horas depois quando os próprios funcionários deram pela falta do produto.

De acordo com o empreendedor Miguel, ao piauinoticias,  é a segunda vez que um crime dessa natureza ocorre na empresa e até agora não houve informações de quem sejam os criminosos, pois nas duas situações foram pessoas diferentes.

O prejuízo deixado ultrapassa os R$ 2.000,00

 

 

Da redação

 

Por volta das 23:30h dessa quinta-feira, 12, um homem que trabalha como vigia de nome Anastácio José Carmelo Neto foi vítima de uma perfuração por arma branca na região do pescoço.

hopme

O golpe de faca foi desferido por um homem não identificado e a tentativa de homicídio se deu numa área do bairro Alto da Cruz, em Floriano.

Anastácio, o homem agredido estava bebendo e se encontrava com uma mulher num trailer instalado na referida praça.
Há informações de que a mulher é companheiro do agressor

Anastácio foi socorrido e conduzido por populares para o Hospital Regional Tibério Nunes, pois devido ao local da perfuração e por estar perdendo muito sangue as pessoas concluíram que não dava para esperar pelo atendimento do SAMU.

Ele passou por uma cirurgia e está internado num dos leitos do Hospital Tibério Nunes. Não há ainda identificação do agressor.

 

Com informações do JC

Mais um homem acaba de ser preso pela polícia local acusado de envolvimento com ações criminosas.

Os policiais deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva por roubo.  Diego foi preso na cidade Paraibano.

diego

Aguarde mais informações

 

Da redação

sdsdsdsds