brigaPor volta das 9:30h, desta quinta-feira, 17, uma discussão dentro de uma padaria na avenida Presidente Kennedy, zona Leste de Teresina, deixou o cantor Saulo do Gado ferido a bala. Um vídeo do momento da briga foi divulgado nas redes sociais e mostra o momento que dois homens começam a discutir, a trocar agressões e depois é possível ouvir dois tiros. O cantor estaria discutindo com um policial.

Policiais militares do 5º Batalhão estiveram no local. O tiro foi na perna, o cantor foi socorrido e encaminhado para o hospital Prontomed.

No vídeo, é possível ouvir que o cantor dizendo para o policial atirar e este pedindo para que ele respeite a mulher. O cantor levanta uma cadeira e ameaça jogá-la quando é surpreendido por golpes do policial. Os dois trocam agressões e instantes depois o policial saca a arma e dispara duas vezes.

Uma das testemunhas disse que o cantor que estaria destratando os funcionários, que chamava o local de “cabaré” e o policial armado foi defender os funcionários.

O tenente coronel Iran Moura, comandante do 5º BPM, esteve no local e informou que foram solicitadas as câmeras de segurança. Eles continuam em busca de informações. 

cidadeverde

pfDelegado Riedel Batista confirmou nesta quinta-feira, 17, que a operação "Luz da Infância 2" prendeu um dos maiores pedófilos do País em Parnaíba. .

Três pessoas já foram presas em flagrante na operação: duas em Parnaíba e uma em Luís Correia. Riedel Batista informou que foi apreendido vasto material pornográfico infantil com o preso de Parnaíba. 

"Pela quantidade de material apreendido entre vídeos, fotos e download, ele é considerado um dos maiores pedófilos do Brasil. Ele estava armazenando e compartilhando esse material", destacou o delegado Riedel Batista.

Imagens chocantes

A titular da DPCA, delegada Kátia Esteves, informou que foram presas 110 pessoas foram presas na primeira operação ainda no ano passado e a expectativa é que esse número seja superado. É a maior operação de crimes contra crianças e adolescentes.

"Começou com um relatório da Inteligência do Ministério da Justiça que constatou que as pessoas estavam arquivando e compartilhando conteúdo pornográfico contendo crianças no Brasil todo. Diante desse relatório se decidiu deflagrar a segunda operação Luz da Infância e a expectativa é que supere o número de 110 presas", explicou à delegada.

Kátia Esteves afirma que as imagens chocaram até mesmo os policiais que já investigam esse tipo de crime. "As imagens são pesadas, o conteúdo choca, até mesmo para nós que já estamos acostumados com esse tipo de crime, mas imagens que estão sendo baixadas são de crianças, bebês, sendo abusadas e tocadas por pedófilos, por exemplo", revela.

Matéria original

Uma força-tarefa nacional de combate à pedofilia está sendo realizada em todo país. No Piauí, 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta quinta-feira(17) em Teresina (11), Paranaíba (03) e um em Itainópolis.

A operação Luz na Infância 2 é uma das maiores ações do mundo de combate à pedofilia e no Estado é coordenada pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente). Policiais civis de diversas unidades ajudam no cumprimento dos mandados. Os suspeitos podem ser presos em flagrante.

De acordo com a nota da Delegacia Geral, as equipes procuram arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

A força-tarefa é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) e ocorre desde as primeiras horas da manhã, num total de 24 estados, além do Distrito Federal. Mais informações serão divulgadas ao longo do dia.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP) e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

A investigação realizada durante quatro meses foi repassada às Polícias Civis – em especial Delegacias de Proteção à Criança e Adolescentes - DPCA e Repressão aos Crimes de Informática DRCI – que instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais a expedição dos mandados que foram deferidos com apoio do Judiciário, por meio da Central de Inquéritos em Teresina/PI.

Participam da operação policiais da Delegacia Geral; Greco; Diretoria de Inteligência da SSP/PI; DRCI (Delegacia De Repressão a Crimes de Informática); GPE (Gerência De Polícia Especializada); GPI(Gerência De Polícia Do Interior); Deam Sul; Polinter; Depre;  Delegacia do Meio Ambiente, com apoio técnico da Perícia Criminal do Estado do Piauí e Perícia da Polícia Federal.

Na primeira edição da Operação Luz na Infância, realizada em 20 de outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Durante a apreensão desses materiais nos 24 estados e DF, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam esses equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet.

Aquela operação foi resultado de seis meses de levantamentos e investigações coordenados pela Senasp/MESP, em conjunto com as agências de inteligência das Polícias Civis.

Luz na Infância

A operação foi intitulada Luz na Infância por serem bárbaros e obscuros os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. Os acusados deste tipo de delito agem nas sombras da internet e devem ter suas condutas elucidadas e julgadas, como a de qualquer criminoso.

Mais informações ao longo do dia serão divulgadas.

 

cv

Na noite dessa terça, 15, uma equipe da Polícia Militar, do 3º Batalhão que tem o comando do major Inaldo Barros, comandada pelo capitão Moisés Morais conduziu para a Central de Flagrantes, após uma abordagem, um homem que estava portando um simulacro de arma de fogo.

simulacro

Denilson, que foi levado para a Central de Flagrantes, andava na companhia de uma adolescente.

O sargento Ricardo Rodrigues, que comandava uma das patrulhas da Militar, disse que o rapaz estava numa moto e com a arma de brinquedo na cintura.

 

 

Com informações do JC24horas

josedouglasNessa terça-feira, 15, dois jovens identificados como José Carlos Rodrigues da Silva, 23 anos de idade, natural de Nazarezinho-PB e o nacional Michael Douglas de Sousa Oliveira foram presos acusados de comercialização de drogas em um apartamento no Conjunto Torquato Neto IV, zona Sul de Teresina.

drg

De acordo com a Subdiretoria de Comunicação da Polícia Militar, após várias denúncias de que no Conjunto Torquato Neto IV, Quadra D, Bloco 02, apartamento 400 estava havendo a venda de drogas, crack e maconha, bem como utilização do local para apoio a assaltantes de várias zonas da capital, os policiais se deslocaram até lá para averiguação e constataram a presença de dois suspeitos.

No local os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 32, marca Rossi, numeração raspada com 6 munições intactas; uma porção de substância vegetal prensada, aparentemente maconha; uma trouxinha de uma substância aparentemente maconha; uma pedra tamanho médio de substância amarelada aparentemente crack; quatro pedrinhas de substância amarelada aparentemente crack; R$ 5 cinco reais em espécie, além de uma motocicleta modelo Fan 125, ano 2015, cor prata, placa PIJ-3437 acompanhada da chave de ignição.

Os dois foram conduzidos para a Central de Flagrantes. José Carlos  Rodrigues da Silva já responde pelo crime de homicídio.

 

mn

Fotos: divulgação PM

Tem contabilidade
Drogalider
Planeta Baterias
Casa da Vóvo
sdsdsdsds