Faleceu em Teresina aonde estava internado há poucos dias o senhor Alcides Francisco Garcia que era servidor da Secretaria de Fazenda e morador do bairro Irapuá, em Floriano-PI.

Ele que deixa a esposa, cinco filhos e sete netos estava em casa quando se sentiu mau nesta última semana, foi socorrido por familiares e levado ao hospital onde foi medicado, mas teve que ser encaminhado para Teresina onde estava sobre cuidados médicos. Alcides veio a falecer nessa madrugada de domingo, 17, por volta das 4:00h.

alcides

O corpo já saiu de Teresina e logo estará chegando em Floriano e será levado para velório no Memorial Floriano, bairro Manguinha.  A familia que está abalada com o falecimento ainda não anunciou o horário do sepultamento do corpo.

 

Da redação

Entidade Gestora instalou 3 pontos de coleta no estado e será responsável por financiar o processo, coletar, destinar e descontaminar os resíduos

lampadas

Se você é consumidor doméstico, já deve ter se deparado com a seguinte situação: o que fazer com as lâmpadas fluorescentes, depois que elas queimam? Essas lâmpadas possuem componentes que demandam um fluxo específico na coleta e destinação final. Por isso, o descarte incorreto, como no lixo comum, pode acarretar diversos problemas ambientais.

Com a finalidade de realizar a coleta, destinação ambientalmente correta e a descontaminação desses resíduos, começou a funcionar no estado do Piauí o programa da Reciclus (Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa), organização civil sem fins lucrativos, criada pelos principais produtores e importadores de lâmpadas, para atuar como Entidade Gestora do processo, seguindo um modelo de operação autossustentável.

A iniciativa envolveu diversos segmentos da sociedade e atende à determinação da PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos), a Lei Federal nº 12.305/2010 que fala na responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e na logística reversa (LR) como soluções para o descarte correto de itens que podem causar danos ao meio ambiente.

Participam do programa apenas as lâmpadas de uso doméstico, dos seguintes tipos: fluorescentes compactas e tubulares; de vapor de mercúrio, sódio ou metálico; e luz mista.

A Reciclus implantou 3 pontos de entrega de lâmpadas pós-uso em Teresina, nos seguintes endereços:

Makro Teresina – Av. Higino Cunha, nº 2055 – Ilhotas, Teresina/PI.

Hiper BP Teresina – Av. Raul Lopes, nº 1000 (Teresina Shopping – Noivos), Teresina/PI.

Extra Teresina – Av. Presidente Kennedy, nº 501, São Cristóvão, Teresina/PI.

A implantação dos pontos de coleta segue os critérios técnicos indicados no Acordo Setorial, como número de habitantes, área urbana, densidade populacional, domicílios com energia elétrica, poder aquisitivo, infraestrutura viária e acessibilidade.

Destinação correta – O objetivo da Reciclus é envolver toda a sociedade e a cadeia produtiva em um grande movimento estruturado de coleta de lâmpadas ao final de sua vida útil e promover a destinação final ambientalmente adequada, garantindo que os materiais não estão sendo descartados em locais errados, vindo a prejudicar o meio ambiente.

O processo de separação dos componentes utiliza tecnologia avançada, sob circunstâncias especiais e em ambiente controlado, para que não haja a contaminação do ambiente e das pessoas que operam os equipamentos.

Basicamente, separam-se os componentes de metal (terminais de alumínio, soquetes, e estruturas metálicas), o vidro (em forma de tubo, ou outra), o pó fosfórico (pó branco contido no interior) e, principalmente, o mercúrio, que é extraído e recuperado em seu estado líquido elementar.

É possível utilizar os resíduos na fabricação de vários outros produtos: vidros na produção de novos vidros para uso não alimentar; pinos de latão que podem ser fundidos e utilizados para produção de novos materiais; e pó fosfórico que, uma vez livre do mercúrio, pode ser reutilizado em fábricas de cimento ou asfalto.

Sobre a RECICLUS
A Reciclus é uma associação sem fins lucrativos que reúne os principais produtores e importadores de lâmpadas do Brasil, com o objetivo de promover o Sistema de Logística Reversa. Atualmente conta com 74 empresas associadas. O objetivo é envolver toda a sociedade e a cadeia produtiva em um grande movimento estruturado de coleta de lâmpadas ao final de seu ciclo de vida e realizar a sua destinação final ambientalmente adequada.

Mais informações: www.reciclus.org.br ou pelo telefone (11) 5083-0201.

Siga a RECICLUS nas redes sociais: Facebook - @ReciclusOficial / Twitter - (@Reciclus)

 

Mais informações: PressTalk Comunicação Corporativa - Assessoria de imprensa da RECICLUS

Thais Abrahão – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. – (11) 3061-2263 / (11) 9 9900-8402

Foi no final de semana em Oeiras. O florianense e servidor público Rônio Barros que é um dos vocalistas do grupo de pagode Samba Brother, de Floriano, estava em Oeiras quando teve um encontro com o músico e cantor Dudu Nobre.

Na ocasião foi gravado um vídeo com registro do momento. Rônio toca violão e cavaquinho e é filho do servidor público federal Antônio José Barros que também é músico, pois toca violão clássico e teclado e da servidora Rosalba Miranda.

dudo
Veja:

João Eduardo de Salles Nobre (Dudu Nobre) nasceu no Rio de Janeiro em 6 de novembro de 1973. É um compositor e cantor. Filho do engenheiro João Nobre e Anita Nobre. Aos seis anos de idade, começou a estudar piano clássico, e aos nove ganhou o instrumento que se tornaria inseparável, o cavaquinho. Dudu foi casado com a modelo e repórter Adriana Bombom e tem duas filhas com ela. É ainda irmão da porta-bandeira Lucinha Nobre, primo do cantor e ator Seu Jorge e afilhado do sambista Zeca Pagodinho.

 

Da redaçao com informações do wiquipedia

sdsdsdsds