joaquimUm eleitor de 100 anos de idade deu uma lição de cidadania ao exercer o direito do voto. De cadeira de rodas e com ajuda de um cuidador, Joaquim da Silva Copeiro, antigo maestro da banda de música Santa Cecília, votou na Escola Municipal Juarez Tapety, em Oeiras, e declarou: "acredito no futuro do Brasil".

"Ele falou que tem compreensão dos fatos e fez análise dos candidatos. Ele é um cidadão respeitadíssimo em Oeiras e disse que apesar do voto dele ser dispensável, não deixa de ter responsabilidade pelas coisas sérias do Brasil. Ele é um grande exemplo", disse o promotor de Justiça Carlos Rubem Campos Reis, que registrou o momento e divulgou em sua rede social.

Na seção eleitoral, Joaquim Copeiro conquistou sorrisos e olhares curiosos. Como não teve a digital reconhecida pelo leitor biométrico, assinou a folha de votação e seguiu para a urna eletrônica, onde demorou apenas alguns segundos para votar em seus candidatos.

joaquimm

muraldavila

sdsdsdsds