Numa entrevista ao piauinoticias o vereador Antônio José Babosa, de oposição, revela ter medo das obras iniciadas em Floriano não se concluírem. O parlamentar disse que se trata de um ano político e ver a possibilidade de as mesmas estarem em andamento por conta do processo eleitoral de outubro.

estrada

“Depois de um ano e quatro meses o prefeito começa a fazer algumas obras como a revitalização da Praça Cel. Borges, o Calçadão da Rua São Pedro e a ainda a Praça do Catumbi que estão todas cercadas. Tomara que essas obras aconteçam, ou seja, tenho medo de que as mesmas estejam em andamento por se tratar de um político e que sejam para agradar alguns amigos turistas que estão chegando pela ocasião do aniversário da cidade que será em julho”, disse o vereador Antônio José afirmando esperar que esse tratamento seja dado ‘linear’, para toda a cidade e não somente para o centro

estrada1

O parlamentar colocou mais, “fico feliz por Floriano estar recebendo essas obras se é, que elas vão terminar”.

Barbosa disse que nesse momento está havendo uma atenção para o centro, mas que os bairros estão esquecidos e citou o bairro Caixa D´Água que não tem um aranhão de caridade do poder público municipal e completou, “o bairro tem muito mato, está às escuras e não tem assistência da Prefeitura”.

Ainda quanto ao bairro Caixa D`Agua o vereador já esteve denunciando nesse portal de notícias que o mesmo está sem atenção da gestão, depois que ouviu, segundo ele, apelos de vários moradores que estão se sentido prejudicados.

Cita ainda que outros bairros que nesse momento estão merecendo atenção da gestão municipal são: Campo Velho, Hermes Pacheco, Cajueiro I e II, São Cristóvão, Planalto Bela Vista, Sambaíba e os conjuntos Zé Pereira, Filadelfo Freire de Castro e Aparecida Procópio.

“Esses bairros estão sujos e sem iluminação”, coloca o vereador afirmando que na zona rural não há estrada e que as pontes estão quebradas. O parlamentar diz que o clamor da população na zona rural também é grande e citou como exemplo a ponte que dá acesso a localidade Saco.

“Eu pedi em janeiro que fosse feita uma recuperação nessa ponte, pois a mesmo está em estado deplorável. Fiz o pedido através do requerimento 104/2017 e até o momento ninguém me deu uma resposta se vão ou não fazer a obra”.

O vereador reclama também que falta atenção para a estrada do Pau de Lei - requerimento 106/2017, e fez ainda outras solicitações, mas até o momento nenhuma solicitação sua foi atendida pela gestão municipal.

 

OUTRO LADO
Ainda nessa segunda-feira, 7, o portal esteve em contato com a pasta da Comunicação da Prefeitura de Floriano, que confirmou que já teve um diálogo com o titular da pasta da Infraestruura e, que uma resposta para as colocações do vereador será dada.

 

 

 

 

Um criminoso invadiu nessa manhã, pouco antes das 8:00h, em Floriano, uma empresa do ramo de telefonia que trabalha com revendas de aparelhos e chips.

O homem teria invadido o local armado, dominado as pessoas que trabalham na empresa, inclusive ás trancando no banheiro e tentado levar algo, mas não conseguiu.

O criminoso estava com uma arma de fogo e ainda deixou cair no local dois projéteis. O caso foi denunciado na Policia Civil que está de greve.

Esse foi o segundo crime do dia, pois a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) também alvo de uma criminosa.

 

Da redação

A pedido do Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI), a 3ª Vara da Justiça Federal condenou o ex-prefeito de José de Freitas (PI), Ricardo Silva Camarço, a empresa P. Demes Indústria e Comércio de Representações Ltda e Pedro Henrique Demes pela prática de improbidade administrativa cometida durante o mandato.

Na ação ajuizada pelo procurador da República Marco Túlio Lustosa Caminha, o ex-gestor de José de Freitas, malversou recursos federais do Convênio nº 052/99, firmado com o Ministério do Meio Ambiente, tendo como objeto a implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água em núcleos rurais, com a construção de poços, chafarizes e caixas d´água.

Segundo o MPF, os recursos foram integralmente liberados e a Prefeitura do Município deu a obra por concluída através do termo de aceitação definitiva, mas o Ministério do Meio Ambiente não ratificou sua conclusão integral e só em uma segunda fiscalização no local, constatou que o sistema completo de abastecimento d´água somente havia sido instalado nos povoados Alívio, Barrocas e São José, tendo assim causado dano ao erário e resultado em enriquecimento ilícito da empresa P. Demes Indústria e Comércio de Representações Ltda, que executou a obra.

O Juízo da 3ª Vara Federal condenou o ex-prefeito de José de Freitas (PI), Ricardo Silva Camarço, a empresa P. Demes Indústria e Comércio de Representações Ltda e Pedro Henrique Demes:

  1. a) ressarcimento integral dos prejuízos causados à União, no montante de R$ 200.000,00, de forma solidária entre os réus, devidamente corrigidos, desde o desfalque patrimonial, e com juros legais desde o evento danoso; descontando-se eventuais valores já devolvidos na via administrativa;
  1. b) suspensão dos direitos políticos, do ex-prefeito e do empresário, pelo prazo de 5 anos;
  1. c) proibição de contratação com o Poder Público, inclusive com o do Município de José de Freitas(PI), pelo prazo de 5 anos;
  1. d) multa civil no valor de R$ 100.000,00, e de R$ 35.000,00, respectivamente, com correção e juros de mora, a partir da publicação da sentença.

O Juízo da 3ª Vara Federal também condenou Ricardo Camarço à perda da função pública que eventualmente ocupe.

Cabe recurso contra a decisão.

Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa – Processo nº 0007681-11.2005.4.01.4000

Confira a sentença na íntegra em http://www.mpf.mp.br/pi/sala-de-imprensa/noticias-pi/ex-prefeito-de-jose-de-freitas-pi-empresa-e-empresario-sao-condenados-por-improbidade

 

Assessoria de Comunicação Social

Ministério Público Federal no Estado do Piauí

O comerciante Welton Ferreira, proprietário do Comercial Ferreira, teve a sua moto furtada por volta das 09:00h da manhã deste domingo, 6, ao deixar o veículo estacionada nas imediações do Mercado Público Central.

 O veículo é uma motocicleta Honda Biz ES, cor preta, placa NIW-5861, com o banco rasgado e o adesivo de um aviso de festa na cidade da Barão de Grajaú.

 

Com informaçoes do JC24horas

Subcategorias

Luan Gás
Drogalider
Tem contabilidade
Planeta Baterias
sdsdsdsds