joelson0O Porto entrou mais uma vez em campo neste domingo no estádio Luiz Lacerda para enfrentar o time misto do Sport e acabou sendo derrotado por 3x1. Foi a 11ª derrota do Porto na competição, num campeonato que não deve deixar saudades para torcida. Além de não conseguir pontuar contra nenhum time da capital, o Gavião deve deixar o estadual desse ano com a segunda pior defesa com 37 gols sofridos em 21 jogos.


Querendo surpreender o adversário, o Porto perdeu uma chance de ouro de abrir o placar no primeiro minuto. Joelson (imagem) lançou para Marquinhos que dominou livre dentro da área, mas na hora de definir o volante chutou fraco facilitando a defesa de Magrão.

Na primeira vez que subiu, o Sport foi mais eficiente. Aos 4 minutos, Marquinhos Gabriel tocou para Jheimy. O atacante aproveitou a falha da defesa que ficou parada e tocou na saída de Romero abrindo o placar para os visitantes.

Atrás no placar, o Porto tentava ir pra cima, mas o isolamento de Joelson e Jefferson Renan dificultava a criação de qualquer lance perigoso. Quando Cássio e Airton resolveram se aproximar aos 12 minutos, surgiu mais um lance de perigo. Na boa tabela dos dois, Cassio ficou na cara de Magrão, mas acabou chutando em cima do goleiro.

Se por um lado o Porto resolvia seus problemas ofensivos, quando o Sport atacava era um Deus nos acuda na defesa. Aos 21, Marquinhos Gabriel rolou a bola para Ruan arriscar da entrada da área. Romero defendeu. O Porto respondeu no minuto seguinte, Marquinhos mais uma vez entrou de frente com Magrão, mas chutou fraco perdendo outra ótima chance.

O Gavião teve outra boa chance aos 27 com Moisés cabeceando um escanteio cobrado por Airton. O Sport carimbou o travessão de Romero num chute de Jheimy aos 30 minutos. Aos 42, Moisés derrubou Bruno Aguiar dentro da área, pênalti. O jovem Ruan cobrou e converteu, 2x0 Leão.

Para o segundo tempo, o técnico Adelmo Soares resolveu apostar na entrada de mais um atacante com a entrada de Emanoel Recife na vaga de Marquinhos. E tirou Rennan na para entrada de Onildo. O resultado não surtiu efeito, pois o Sport dominou todo o segundo tempo. Logo aos 8 minutos, Renê cruzou da esquerda para Jheimy que dominou dentro da área e chutou em cima da defesa.


Num dos raros lampejos que o Porto acertou no segundo tempo, Airton recebeu dentro da área e foi derrubado por Renato aos 13 minutos. Pênalti marcado e na cobrança Joelson bateu para defesa de Magrão. Foi o terceiro pênalti perdido pelo nazareno-PI Joelson no estadual que perdeu uma boa chance de empatar com Marcelinho Paraíba na artilharia.


O Porto conseguiu diminuir com Baiano aos 29. O lateral arriscou da entrada da área e a bola acabou desviando em Edcarlos antes de entrar no gol. O Sport matou qualquer chance de reação com Milton Júnior aos 39. O atacante aproveitou um contra ataque rápido e chutou forte e rasteiro no canto esquerdo de Romero.


Com a derrota, o Porto segue com 24 pontos na oitava posição. Próximo domingo se despede do estadual e das competições profissionais em 2012 contra o Serra Talhada.
Da redação
Ao que pese o fato de ter sido cancelado o amistoso que faria contra o Comercial, neste domingo (08), o técnico Aníbal Lemos já definiu o time do Parnahyba para a estréia no Campeonato Piauiense da 1ª Divisão de Profissionais, programada para a tarde do próximo domingo, diante do Flamengo, no Estádio Mão Santa.


O ciclo de contratações, porém, não está fechado.  De acordo com informações do próprio treinador, o Tubarão está aguardando a chegada do atacante Zé Maria (ex-Piauí), que estava no Corinthians de Caicó, e do goleiro Beto, que retorna mais uma vez à equipe do litoral.


Ambos já acertaram com a diretoria parnaibana, mas Beto só deverá estrear na segunda rodada, em face de ter compromisso a cumprir como goleiro do Treze de Campina Grande.  "Outros nomes estão conversados, mas só queremos confirmar depois que estiver tudo acertado". Sobre o jogo de estréia no campeonato, Aníbal não escondeu o time e confirmou que, não havendo problema durante a semana, vai mandar a campo os jogadores Boré; Barata, Pedro, Gilmar Bahia e Nenzinho; Pio, Alessandro, Luciano e Evandro; Fabinho e Mauro. A reapresentação dos jogadores acontece na manhã desta segunda-feira.
Coluna do buim
confusãoRoberto Dinamite subiu o tom. Inconformado com as decisões do árbitro Wagner dos Santos Rosa no clássico entre Vasco e Flamengo, no último sábado, o presidente vascaíno invadiu o campo do Engenhão após a vitória rubro-negra por 2 a 1, se juntou aos jogadores e fez graves acusações. O mandatário disse que o juiz teve a intenção de ajudar o adversário.

 

Neste domingo, o vice-presidente de relações externas do Flamengo, Walter Oaquim, criticou a atitude de Dinamite e chegou a citar o ex-presidente Eurico Miranda. Segundo Oaquim, o rival quer pressionar a arbitragem antes da fase final da Taça Rio.

 

- Ele sempre foi comedido, mas aquela recaída de Eurico do Roberto tem uma só finalidade: pressionar os árbitros para a final. Não há o que discutir daquele pênalti. Esse choro pode prejudicar vários times no futuro, inclusive o Flamengo. Quais serão as condições psicológicas do próximo árbitro de um Flamengo x Vasco? Isso é coação, e o Flamengo não aceita. Estamos indignados e atentos a isso - disse.


Os cruz-maltinos se queixam de dois lances, ambos envolvendo o lateral-esquerdo Thiago Feltri quando o placar apontava 1 a 1. O primeiro aos 29 minutos do segundo tempo. Feltri reclama de falta sofrida dentro da grande área. No entanto, o árbitro Wagner dos Santos Rosa afirmou não ter visto a suposta penalidade cometida por Welinton e mandou o jogo seguir.

 

Quatro minutos depois, Thiago Feltri disputou uma bola com Marcos González na entrada da grande área e foi ao chão. O árbitro não assinalou a falta pedida e ainda aplicou cartão amarelo ao lateral por simulação .

 

O comentarista de arbitragem, Arnaldo Cézar Coelho, concordou com as decisões do juiz.

 

- Na minha opinião, não foi pênalti. Não foi nada. Ele dobrou o joelho e se jogou, assim como fez no lance seguinte - analisou Arnaldo, que concordou com a penalidade assinalada de Fernando Prass sobre Léo Moura, no fim da partida. Aos 47 minutos, Ronaldinho cobrou e deu a vitória ao Flamengo.

 

globoesporte

ron adriUma palavra amiga e com força nos bastidores do Flamengo pode mudar a ideia de Ronaldinho Gaúcho em buscar a rescisão de contrato com o clube. O atacante Adriano, que oficialmente ainda não firmou vínculo com o Rubro-Negro, pediu aos dirigentes nos últimos dias empenho para manter o camisa 10 no elenco pelo menos para a disputa do Campeonato Brasileiro.

 

A conversa de Adriano com os diretores ocorreu após a divulgação das notícias sobre a possibilidade do fim do casamento Ronaldinho e Flamengo. O Imperador prometeu ao comando do futebol rubro-negro que irá se empenhar na recuperação da nova cirurgia no tendão calcâneo. O objetivo é fazer um bom Brasileiro ao lado de Ronaldinho e Vagner Love.

 

Ao mesmo tempo, o atacante pediu compreensão aos cartolas com a situação do parceiro dos tempos de seleção brasileira. Adriano deseja ver força de vontade na diretoria para manter o craque na Gávea.

 

Após o vazamento do bate-papo nos bastidores, algumas influências importantes no clube já começaram a se movimentar para solucionar os impasses entre Ronaldinho, Assis - seu irmão e empresário - e Flamengo. A ideia é unificar o grupo com os três ídolos, responsáveis por comandar o ataque do time até o final do ano, independentemente da permanência do técnico Joel Santana.

 

Por outro lado, ainda existe a forte corrente defensora de um acordo pela rescisão. O grupo contrário ao “fico” de Ronaldinho aposta no aparecimento de uma proposta internacional para o jogador antes da abertura da janela de transferências.


Na opinião de cartolas do clube, é melhor o atacante deixar a Gávea do que continuar apresentando o rendimento atual, conforme apurou o blog do Perrone. Desta forma, os dirigentes entendem que o Flamengo teria maiores possibilidades de encerrar o acordo com o camisa 10 recebendo ao menos parte da milionária multa rescisória.

 

Mesmo com o confronto decisivo contra o Lanús, quinta-feira, às 19:30h, no Engenhão, pela Copa Libertadores, no qual o time precisa vencer, além de torcer para Emelec e Olimpia empatarem para se classificar, a reformulação do elenco já é tratada internamente. Cinco jogadores serão negociados e, inicialmente, o clube fará três contratações. O volante Cáceres, do Libertad-PAR, o próprio Adriano, e o zagueiro Juan, da Roma-ITA, são considerados nomes certos pela cúpula de futebol.

 

Uol

Planeta Baterias
Drogalider
Luan Gás
Casa da Vóvo
Store Shoes
Otica Visão - Ache Floriano
Tatiana Gás
Planeta Baterias - Ache Floriano
Dr Kelmar - Ache Floriano
sdsdsdsds