Um torneio esportivo está confirmado para a manhã desse domingo no Clube dos Comerciários, em Floriano-PI.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Comerciários, líder Antonio José de Sousa (Toinho), o quadrangular de futebol estará envolvendo comerciários da Loja Dragão e da empresa Veloso.

O torneio está confirmado para se iniciar às 8:00h.

ASCOM Sindicato

 

O presidente da Liga Florianense de Futebol, Júnior Bocão, que é acusado de não prestar contas de parte do financeiro da Liga, entidade que ainda não tem sede própria, ja está em busca de recursos visando a temporado no futebol local em 2019.

joelbocao

Junior se reuniu com o prefeito Joel e na pauta o planejamento e parceria da Prefeitura Municipal de Floriano.

As discussões  foram acerca das atividades da Liga e o calendário das atividades esportivas para o próximo ano.

A Prefeitura Municipal que este ano repassou R$ 20 mil deve continuar a contribuir.

 Segundo, o presidente Júnior Bocão, o saldo da reunião foi positiva, uma vez que o prefeito Joel Rodrigues, entendeu a proposta e a importância da solicitação, afirmando ainda que o Calendário das atividades esportivas 2019, contribui para maior desenvolvimento da prática do esporte no município, beneficiando os organizadores das principais competições na cidade e aos esportistas.

O vereador, que na Camara fez declarações a respeito da não prestação de contas dos recursos municipais, foi o Bilú. O presidente da Liga contestou a denúncia e disse que há interesse do parlamentar na entidade esportiva.

 

Com informações da secom

Imagem-secom

fabricioO Vasco não vai renovar os contratos de Fabrício, Giovanni Augusto, Kelvin e Lenon. Os quatro estavam emprestados e voltam para seus clubes no início de 2019. Quem também não segue no Cruz-Maltino no ano que vem é Andrés Ríos, que agora está sem time. O diretor-executivo de futebol do clube, Alexandre Faria, confirmou a informação em contato ao GloboEsporte.com.

Fabrício foi contratado pelo Vasco em meio à disputa da Libertadores. O lateral-esquerdo atuou em 21 partidas e marcou dois gols, mas não caiu nas graças da torcida. Envolveu-se em polêmica ao aparecer em uma foto ironizando vaias dos torcedores e passou a ser pressionado. Com Alberto Valentim, virou meia, mas também não engrenou.

Giovanni Augusto também chegou ao Cruz-Maltino no início da temporada. O meia disputou 25 jogos e fez um gol, mas as lesões atrapalharam. Ele não teve sequência como titular e ficou pouco tempo à disposição dos treinadores. Agora, volta ao Corinthians.

Já Kelvin perdeu o começo do ano enquanto se recuperava de uma grave lesão no joelho. Quando voltou, teve um problema muscular. Na reta final, já com Alberto Valentim, o atacante virou titular. Disputou 24 jogos em 2018 e fez um gol.

Lenon foi contratado pelo Vasco só em junho e também sofreu com lesões. Disputou só nove partidas e não balançou as redes. Volta ao Guarani.

Andrés Ríos, dos cinco, foi quem mais entrou em campo pelo Vasco em 2018. Antes da chegada de Maxi López, era titular absoluto. Jogou 54 vezes e fez 12 gols. Agora, está sem clube.
Bruno Silva e Marcelo Mattos ficam

Em contrapartida, Alexandre Faria revelou que a tendência é Marcelo Mattos, em recuperação de lesão no joelho e com contrato no fim, ficar até o fim do Campeonato Carioca. Na mesma situação está o volante Bruno Silva, com uma fratura no pé esquerdo. Os garotos Luan e Rafael França, em fim de contrato, renovarão.

 

GE

Foto: Felipe Schmidt

O Corinthians anunciou na tarde desta sexta-feira o que todos estavam esperando: Fábio Carille será o treinador na temporada 2019. Ele volta para assumir a função deixada por Jair Ventura, menos de sete meses depois de deixar o próprio clube paulista para se aventurar no futebol da Arábia Saudita. Ele assinou por quatro anos.


A diretoria do clube paulista pagou a multa rescisória de US$ 700 mil (cerca de R$ 2,7 milhões) ao Al-Wehda, da Arábia Saudita, para ter de volta o treinador. Carille deixou o Corinthians em maio, após ser bicampeão paulista (2017 e 2018) e também ter faturado o Brasileiro do ano passado.

Nos bastidores, comenta-se que um dos motivos da volta do treinador foi a decepção com os dirigentes árabes, que não cumpriram a promessa de montar um elenco forte. Carille deve permanecer até o final do ano na Arábia Saudita até que o Al-Wehda defina seu substituto. Enquanto isso, começará a distância a planejar o trabalho para a próxima temporada.


Carille trará quase toda a comissão técnica de volta ao Corinthians. Estão confirmados o auxiliar técnico Leandro Silva, o observador técnico Mauro da Silva, o preparador físico Walmir Cruz e o analista de desempenho Denis Luup. A exceção será o preparador de goleiros Mauri Lima por não ter boa relação com o presidente Andrés Sanchez.

Jair Ventura, demitido na segunda-feira, deixou o time com retrospecto de rebaixado, com aproveitamento de 31,6% dos pontos. Em 19 jogos, foram apenas quatro vitórias, com seis empates e nove derrotas.

futebolinterior

 

sdsdsdsds