cruO Cruzeiro largou na frente na decisão da Copa do Brasil. Jogando no Mineirão, o time da casa venceu por 1 a 0, com gol de Thiago Neves, e está a um empate do título.

Como não há gol qualificado na Copa do Brasil, o Corinthians precisa de uma vitória por dois ou mais gols de vantagem para ser campeão no tempo normal na partida de volta, na próxima quarta-feira, na Arena de Itaquera. Se devolver a vitória por um gol de diferença, o time paulista leva a decisão para os pênaltis.


Como era de se esperar, o Cruzeiro começou a partida com mais posse de bola e buscando o ataque, enquanto o Corinthians jogava mais fechado e explorando os contragolpes.

Aos poucos, o time da casa foi criando alguns lances de ataque, principalmente com chutes de fora da área. Na primeira chance de grande perigo, Thiago Neves arriscou de fora da área e acertou a trave direita do goleiro Cássio.

Na sequência, Cássio ainda salvou o Corinthians com uma defesa impressionante. Thiago Neves cobrou falta da esquerda e colocou na cabeça de Léo, que tinha tudo para fazer o gol de abertura do placar, mas parou na defesaça no reflexo do camisa 1 corintiano.
O Cruzeiro seguiu mais presente no campo de ataque até que, aos 46 minutos, Egídio cruzou da esquerda e Thiago Neves finalmente conseguiu vencer Cássio, tocando de cabeça para o gol.


VITÓRIA MAGRA
Na segunda etapa, a postura das duas equipes se manteve e o Corinthians não abriu mão do jogo defensivo. O Cruzeiro seguia criando os lances mais agudos e levava vantagem nas bolas levantadas para a área.


Menos incisivo do que na primeira parte do jogo, o Cruzeiro teve sua principal jogada em um cruzamento de Thiago Neves que Dedé completou de cabeça para fora. Do outro lado, Fábio foi praticamente um espectador da partida e não foi exigido pelo ataque corintiano.

Na reta final do jogo, o ritmo caiu e as duas equipes pareciam satisfeitas com o resultado. O Cruzeiro garantiu o 1 a 0 sem sustos e o Corinthians levou a decisão para São Paulo precisando de uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis.

 

futebolintrior

sarahA piauiense Sarah Menezes conquistou o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de Judô. A atleta representou a Seleção Carioca na disputa pela medalha de bronze na categoria Feminino Ligeiro (-48kg). A competição aconteceu em Lauro de Freitas, na Bahia, durante os dias 9 e 10 de outubro. Após a luta, a judoca do Mais Querido deu um recado para a Nação.

 “Estou muito feliz com a conquista da medalha de bronze aqui na Bahia. Agradeço toda a Nação Rubro-negra, a minha família e aos meus amigos por todo o apoio e carinho. Agora é me preparar para a próxima etapa”, disse a rubro-negra.

Sarah Menezes viaja hoje mesmo para participar do Grand Prix de Cancún, no México, que será realizado entre os dias 11 e 15 de outubro. Ela se juntará as demais atletas que fazem parte da Seleção Brasileira que disputa a competição.

 

Com informações do clube Flamengo

ewertonEverton voltará a ser desfalque do São Paulo nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. O atacante sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda durante o clássico contra o Palmeiras, no sábado, e o próprio clube confirmou em nota que ele está fora da partida contra o Internacional, no domingo, pela 29ª rodada. O tempo mínimo de recuperação é de três semanas.

O atacante sentiu a lesão logo nos primeiros minutos de atuação no Choque-Rei, quando entrou em campo no intervalo. Mesmo assim, não pediu para ser substituído e permaneceu até o fim do jogo.

Uma das principais peças do São Paulo na campanha do Brasileirão, Everton não atua regularmente desde o fim de agosto. O atacante entrou em campo apenas duas vezes desde o jogo contra o Ceará, pela 21ª rodada – antes do Palmeiras, havia sido titular contra o Santos, mas acabou substituído com dores.
Contra o Ceará, Everton também tinha tido uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Depois, voltou a ficar fora por causa de uma fibrose no mesmo local, resultado de um problema anterior, ainda quando jogava no Flamengo, em 2015.

Na terça-feira, Everton já havia sido poupado do treino com bola e apenas correu pelos campos do CT da Barra Funda.

 

GE

Foto: Marcelo Hazan

vascApesar de estar em um bom tempo sem perder, o Vasco da Gama é cotado como um dos prováveis rebaixados no Brasileirão. Segundo o Departamento de Matemática da UFMG, o Trem Bala tem mais probabilidade de cair do que o Ceará, que hoje aparece dentro da degola.


Para os matemáticos, o Paraná já caiu, com mais de 99% de chances. O Sport aparece no mesmo caminho, com 78,3%. Também na zona de rebaixamento, o Vitória tem 58% e para surpresas de muitos, o Vasco surge como o quarto dentro do descenso, com 31,7%.


Hoje, o Ceará é quem está dentro do Z4, mas com um jogo a menos em relação aos seus rivais – teve jogo contra Cruzeiro adiado. Mesmo assim o Vozão subiu na visão dos matemáticos e é apenas o oitavo time cotado a cair, com 22,6% de probabilidade.


Na frente do Vozão, aparecem: Chapeconese, com 29,4%, América-MG, 28,1% e Bahia, 26,4%. Ainda não eliminaram as chances: Botafogo, 11,7%, Corinthians, 7,5%, Fluminense, 4,5%, e Atlético-PR, 1,5%.


Em termos de classificação, o Paraná é o lanterna com 17, contra Sport (27), Vitória (29), Ceará (30), Chapecoense (31), Vasco (31), Bahia (31), América-MG (32), Botafogo (34), Corinthians (35) e Atlético-PR (36).

 

futebolinterior

sdsdsdsds