Polícia Federal divulgou edital de concurso público para o total de 500 vagas de nível superior. Os salários são de R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e de R$ 22.672,48 para perito criminal e delegado.

Veja as distribuição das vagas e cargos do concurso:

180 vagas para agente

150 vagas de delegado

80 vagas para escrivão

60 vagas para perito criminal

30 vagas para papiloscopista

Serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira.

As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18/ de 19 de junho a 2 de julho. As taxas são de R$ 180 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 250 para perito e delegado.

Requisitos

Os candidatos a escrivão, agente e papiloscopista devem ter curso superior em nível de graduação em qualquer área.

Para delegado é exigido diploma de bacharel em direito, e comprovação de 3 anos de atividade jurídica ou policial.

Para perito os candidatos devem ter curso de graduação de nível superior em ciências contábeis ou em ciências econômicas; engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia de telecomunicações ou em engenharia de redes de comunicação; análise de sistemas, ciências da computação, engenharia da computação, engenharia de redes de comunicação ou em informática; engenharia agronômica; geologia; engenharia química, química industrial ou em química; engenharia civil; engenharia florestal; medicina; e farmácia.

Etapas do concurso

A primeira etapa do concurso público destina-se à admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional e abrangerá as seguintes fases:

prova objetiva para todos os cargos

prova discursiva para todos os cargos

exame de aptidão física para todos os cargos

prova oral, somente para o cargo de delegado

prova prática de digitação, somente para o cargo de escrivão

avaliação médica para todos os cargos

avaliação psicológica para todos os cargos

avaliação de títulos, somente para os cargos de delegado e perito criminal

A segunda etapa do concurso público consistirá de Curso de Formação Profissional, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, e será realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da administração, em qualquer unidade da Federação.

A ordem de classificação obtida no Curso de Formação Profissional será rigorosamente obedecida para efeitos de escolha de lotação para todos os candidatos.

A prova objetiva, a prova discursiva, o exame de aptidão física, a prova prática de digitação, a avaliação médica, a avaliação psicológica, a avaliação de títulos, o procedimento de heteroidentificação dos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas em todas as capitais e no Distrito Federal.

A prova oral, aplicada apenas para o cargo de delegado de Polícia Federal, será realizada somente em Brasília.

As provas objetiva e discursiva, exceto para o cargo de delegado, terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 19 de agosto, no turno da tarde.

Para o cargo de delegado, a prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 19 de agosto, no turno da manhã. A prova discursiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na mesma data, no turno da tarde.

Na data provável de 9 de agosto de 2018, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18, edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

Restrições das eleições não devem afetar concurso

Como neste ano haverá eleições para presidente, governadores e Congresso Nacional, haverá restrição na nomeação, contratação ou admissão do servidor público federal e estadual nos três meses que antecedem o pleito, marcado para 7 de outubro, até a posse dos eleitos, ou seja, de 7 de julho a 1º de janeiro de 2019. Mas, caso a homologação do concurso (divulgação do resultado final) seja feita até três meses antes das eleições, ou seja, até 7 de julho, as nomeações podem ocorrer em qualquer período do ano.

No caso do concurso da Polícia Federal, não há restrição para divulgação do edital, apenas para as nomeações, mas como o concurso engloba várias etapas, até que os aprovados sejam contratados, a restrição não estará mais valendo.

Polícia Federal

Vagas: 500

Salários: R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e de R$ 22.672,48 para perito criminal e delegado

Inscrições: de 19/06 a 02/07

Taxas: R$ 180 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 250 para perito e delegado

Prova: 19/08

 

G1

livroPesquisadores do Campus Drª Josefina Demes, da Universidade Estadual do Piauí, lançaram o livro “A prática da Pesquisa no contexto universitário: a epistemologia numa abordagem crítica”, nesta quinta-feira, 14, no Auditório Braulíno Duque de França. O livro que tem como organizadores o Profº Dr. Francisco Marques Cardozo Júnior e a Profª Ma. e doutoranda Mirian Abreu Alencar Nunes, foi prestigiado por alunos, professores e a comunidade local.

A obra conta com a participação de nove professores da universidade, com a produção de artigos. “É uma obra inédita para o Campus de Floriano, cuja produção envolveu docentes, acadêmicos e co-autores parceiros de outras instituições”, destaca o professor Francisco Cardozo, do curso de Ciências Biológicas. Ainda segundo o professor, por meio da pesquisa é possível refletir sobre os desafios observados pelo investigador, buscando solucionar problemas e desenvolver ações de mudança e transformação do meio no qual o ser humano está inserido.

De acordo com a professora Mirian Abreu, os artigos retratam recortes de pesquisas realizadas pelos professores como os resultados de estudos na área educacional e em nível de pós-graduação.

O conjunto de artigos distribuídos em nove (09) capítulos do livro, é destinado a todos os graduandos dos mais distintos cursos de licenciatura e bacharelado, como: Ciências Biológicas e áreas afins, Geografia, Letras, Administração, Contabilidade, Pedagogia, Ciências da Computação, e todos os interessados em geral das áreas do conhecimento universitário.

Alunos, professores, coordenadores de curso e comunidade estiveram presentes no lançamento

No lançamento, estiveram presentes representantes locais de instituições de pesquisa, coordenadores de curso. Na oportunidade, foi realizada uma breve explanação sobre temas contidos no livro e sorteios de exemplares entre os participantes.

 

Uespi

 

Segundo dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho, foram notificadas 14.412 mortes acidentárias no período de seis anos. O levantamento incluiu mortes ocorridas entre os anos de 2012 a 2017. O número é alarmante e representa 1 morte em acidente estimada a cada 3h 38m 43s. Os 4.168.44 acidentes registrados representam uma média de um acidente a cada 48s. A maioria das vítimas é do sexo masculino.

profissioa

Profissões tradicionalmente femininas, como a Enfermagem, também são consideradas arriscadas. Ainda de acordo com o Observatório, entre os anos de 2012 a 2017, foram registrados na área da Enfermagem (incluindo técnicos, auxiliares e enfermeiros) cerca de 230.516 acidentes de trabalho, o que representa 7,64%. Destes 20.444 resultaram em afastamento pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Mesmo sabendo do risco da profissão, a enfermeira Fabiana Gonçalves nunca desistiu do seu sonho. “Sempre quis estudar enfermagem. Gosto de ajudar o próximo, mas só quando comecei a estudar eu percebi os riscos que corremos no dia a dia. Eu não tinha noção, mas o risco de contaminação é muito maior. Eu ainda preciso tomar mais vacinas do que uma pessoa comum, mas isso não me fez desistir do que eu gosto” comenta.

Confira as profissões mais perigosas dos últimos anos:

Engenharia Civil: os riscos desta profissão estão na exposição química, acidentes com queda em alturas muito elevadas, acidentes com ferramentas de trabalho, choques elétricos e desabamentos.

Medicina e Enfermagem: o perigo está na exposição a doenças e infecções que tenham o risco de contaminação. A jornadas de trabalho e plantões excessivos acabam tirando a atenção destes profissionais, causando risco maior de erros e favorecendo acidentes de trabalho.

Policial: como todos sabem, os policiais enfrentam risco a todo momento. Desde o manuseio de armas de fogo a situações de violência e também jornadas de trabalho muito longas e desgastantes.

Engenharia Elétrica: riscos de acidente de trabalho pelo contato com alta tensão, além da periculosidade de altura e lugares de difícil acesso.

Profissionais de Agronomia: devido ao contato direto com produtos químicos altamente perigosos, incluindo agrotóxicos usados no solo. Exposição também excessiva ao sol, além dos riscos de acidentes com máquinas de grande porte.

Bolsas de estudo com descontos de até 70%

Para estudar em um dos cursos acima, é possível contar com bolsas de estudo de até 70% de desconto. Isso porquê o maior programa de inclusão educacional do país está com as inscrições abertas. Para conseguir se inscrever acesse http://www.educamaisbrasil.com.br/piauinoticias

 

Da redação

As aulas das escolas da cidade de Barão de Grajaú-MA devem sofrer alterações durante os jogos da Copa do Mundo, isso quando a Seleção Brasileira tiver em campo,

raimundo

De acordo com o secretário Raimundo Resende, da Educação, nos dias de jogos os alunos e professores devem sair mais cedo das salas.

“Um calendário foi feito e adequado, mas os alunos não devem perder conteúdo” disse Resende.

As aulas que não ocorrerem por conta dos jogos, explica ele, serão repostas em datas posteriores.

 

Da redação

Drogalider
Oticas Floriano
Virtex
Tem contabilidade
sdsdsdsds