O Concurso Público da Prefeitura Municipal de Timon (MA) recebeu 7.564 inscritos. Organizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), o certame oferta 98 vagas para cargos de níveis médio e superior.

Dois editais constam no concurso, sendo um para Guarda Municipal de 3ª classe e Agente de Trânsito, com 60 vagas e o outro para Fiscal Sanitário, Fiscal de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal, Fiscal de Obras e Posturas, Engenheiro Civil, Arquiteto, Técnico de Fiscalização de Obras e Postura, Fiscal de Limpeza Urbana, Fiscal de Defesa do Consumidor e Fiscal Ambiental, com 38 vagas. Para todos os cargos haverá cadastro de reserva.

Para o cargo de Guarda-Civil Municipal se inscreveram 1.520 candidatos para 29 vagas, sendo 28 vagas para Concorrência Ampla e 1 vaga para Concorrência PCD. Para mulheres a média é de 111,25 candidatas para cada vaga e homens são 44,33 candidatos para cada vaga em ampla concorrência. Em PCD para homens são 11 candidatos por vaga. Para o cargo de Agente de Trânsito foram 3.311 inscritos para 30 vagas ofertadas na ampla concorrência. Mulheres a média de candidatas por vaga é 207,5 e para homens são 102,87 candidatos. Em PCD, a média para mulheres  é de 3 candidatas e para homens 9 candidatos por vaga.

Nos cargos ofertados no segundo edital a média de candidatos por  cada vaga é: Arquiteto (132), Engenheiro Civil (154), Fiscal Ambiental (156,5), Fiscal Defesa Consumidor (217,5), Fiscal de Inspeção Sanitária e Industrial (18,5), Fiscal de Limpeza Urbana (155,62 em ampla concorrência e 8 em PCD), Fiscal de Obras e Postura (53,5), Fiscal Sanitário (6,33 em ampla concorrência e 2 em PCD) e para Técnico de Fiscalização de Obras e Postura (29,25).

A diretora do NUCEPE, Ailma Nascimento, destacou a importância dos candidatos estarem atentos às regras proibitivas presentes no Cartão de Confirmação já presente no site do Nucepe. “O candidato deve prestar atenção no que ele pode levar ou não no dia da prova, por exemplo, é proibido levar celular, bonés, capacetes, óculos escuros, entre outros. Vale lembrar também que deve-se chegar com antecedência no local de prova para evitar tumultos”, pontua.

A prova escrita acontece no dia 24 de fevereiro, no horário de 8h30 às 12h30 (horário do Piauí). Os locais de prova já estão disponíveis no site.

Para mais informações acesse o site do Nucepe.

Nesta segunda feira (18), iniciou-se o ano letivo nas escolas da rede municipal de Floriano. A previsão de início das aulas foi planejada para o dia 11, mas segundo o secretário de Educação, Joab Carvalho, houve a necessidade de reorganização do calendário escolar que foi adiado por uma semana, sem oferecer prejuízo aos alunos. 

estdante

São cerca de 50 escolas distribuídas na zona urbana e zona rural do munícipio, loteadas com 525 professores trabalhando desde a última segunda-feira (11). Entre os dias 4 e 7 de fevereiro foi realizada a Semana Pedagógica onde foi elaborado o planejamento anual com professores, gestores e coordenadores. 

O número de matriculados aumentou em torno de 4,16% com relação ao ano passado. No ano de 2018, foram 7.210 matrículas, já neste ano o número subiu para 7.300 alunos matriculados. Segundo Joab, esse número está em frequente oscilação, devido a desistências, transferências, novos ingressos ou situações similares. 

Com relação ao transporte, todas as rotas estão funcionando com 5 ônibus de propriedade da secretaria e alguns terceirizados. “Nós estamos com dificuldade apenas em chegar até a localidade Rio Branco para pegar os alunos, mas assim que cessarem as chuvas iremos resolver essa situação”, relatou Joab. 

O secretário mencionou que estão sendo feitos alguns ajustes mecânicos no ônibus destinado ao transporte de alunos com necessidades especiais, mas garantiu que ainda nesta semana serão regularizados. A merenda escolar começou a ser distribuída em todas as escolas ainda na semana passada, estando em fase de término apenas na zona rural. A previsão de encerramento do calendário está previsto para o dia 21 de dezembro de 2019.

 

PMF

Na manhã desta quarta-feira (20), a Prefeitura de Floriano, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, em parceira com a Faculdade de Floriano (FAESF) e Vigilância Sanitária promoveram um curso de Manipulação de Alimentos, direcionado aos 35 barraqueiros que trabalharão durante o carnaval. 

secretaria

O encontro foi realizado no auditório da Secretaria de Educação, com o intuito de orientar estes profissionais ao preparo e armazenamento de alimentos, descarte de lixo, higienização, entre outros cuidados básicos para garantir a segurança alimentar e prevenir riscos à saúde dos consumidores.  

Em sua realização, participaram profissionais do curso de Nutrição da FAESF e da Vigilância Sanitária, enfermeiros e técnicos de saúde.

Essa e outras ações estão sendo realizadas para garantir uma ótima experiência à população. O carnaval de Floriano ocorrerá entre os dias 01 e 05 de março, com a participação de diferentes atrações para animar as noites dos foliões.

PMF

Algumas instituições podem exigir dos candidatos aprovados que façam uma prova. Os estudantes devem verificar, no momento da inscrição, se a instituição vai aplicar processo seletivo próprio.

Aqueles que não forem selecionados na segunda chamada têm ainda a chance de integrar a lista de espera nos dias 7 e 8 de março.

Inscrições

Ao todo, 946.979 candidatos se inscreveram na primeira edição do ProUni deste ano, de acordo com o Ministério da Educação. Como cada candidato podia escolher até duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 1.820.446.

Nesta edição, são ofertadas 243.888 bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino. Do total de bolsas, 116.813 são integrais e 127.075, parciais, de 50% do valor das mensalidades.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Em contrapartida, o programa oferece isenção de tributos às instituições que aderem ao programa.

Os estudantes selecionados podem pleitear ainda Bolsa Permanência, para ajudar nos custos dos estudos, e podem também usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para garantir parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

 

Agência Brasil