Na manhã deste sábado, (21) teve início o Curso Técnico de Rádio e TV, promovido pelo Instituto Comrádio, em parceria com o Instituto Federal do Piauí - IFPI Campus Floriano, a Organização Suíça Brücke Le Pont, Associação Florianense de Imprensa e a Prefeitura de Floriano, através, da Secretaria Municipal de Comunicação e Associação Florianense de Imprensa . O curso é uma oportunidade para promover a reflexão sobre a comunicação social e gerar transformação social, trabalhando dois princípios fundamentais: formação e comunicação colaborativa. O curso tem duração de seis meses e atende a 40 alunos.

curso

Segundo o secretário de Comunicação de Floriano, Nilson Ferreira, este curso contribui com o desenvolvimento dos participantes, pois se trata de uma ferramenta para crescimento social e profissional, ressaltando ainda que, além das vagas do projeto, para pessoas com idades entre 16 a 29 anos, foram ofertadas vagas para quem já atua em emissoras de rádio e TV da cidade, mas que ainda não possuíam seu registro profissional. O secretário afirmou que, o diálogo com outras instituições, também está sendo realizado, para que, eventos sobre comunicação social, sejam trazidos para Floriano, reforçando a reflexão acerca de temáticas importantes para a sociedade.

curso0

Já o presidente do Instituto Comrádio, Jessé Barbosa, falou da importância deste curso e das parcerias estabelecidas para colaborar na formação dos jovens e dos demais comunicadores, fornecendo auxílio técnico profissional e contribuindo para o desenvolvimento social.

cusdo

As inscrições foram realizadas no mês de junho e a seleção obedeceu a sequência de inscrições. O diretor do IFPI, Floriano, Odimógenes Soares, afirmou que se trata de uma enorme satisfação para a instituição, participar desta iniciativa, que considera como um "divisor de águas " para a rádio escolar interna, que já desenvolve suas atividades no próprio campus e também relevante para outros projetos que estão em andamento, como uma rádio FM educativa.

Na abertura do curso estavam: o secretário de Comunicação, Nilson Ferreira, o presidente do Instituto Comradio, Jessé Barbosa, a agente de inserção, Clea Mesquita, a coordenadora do projeto, Thaíse Cronemberger, Walton Luz, da T.I., o professor, José Dantas, o diretor do IFPI – Campus Floriano, Odimógenes Soares e o presidente da AFI, Ivan Nunes.

 

ascom pmf

Um correspondente bancário, que funciona no interior de uma  Drogaria no centro de Cocal foi roubado por quatro bandidos na tarde desta sexta-feira (20), por volta das 3:30h.

crimi

Os assaltantes fugiram levando consigo uma quantia que gira em torno de R$ 6.500,00; sendo um valor estimado em R$ 5.500,00 do estabelecimento, e R$ 1.000,00 de um cliente, que ainda teve subtraído um smartphone Samsung J7.

As imagens do circuito de segurança mostram os quatro criminosos chegando ao local em duas motocicletas, sendo uma modelo Honda XR Tornado e a outra uma Honda Bros, ambas de cor azul, na qual dois adentraram o estabelecimento e ou outros dois ficaram dando apoio pelo lado de fora.

Os assaltantes que adentraram o recinto usavam blusões e estavam com o rosto coberto com uma espécie de máscara por baixo dos capacetes. Com armas em punho, eles se dirigiram ao caixa, renderam os servidores e um senhor que tinha acabado de sacar uma importância em dinheiro.

Os bandidos fugiram após roubarem todo o dinheiro que estava na gaveta e na carteira do cliente, que também teve o seu aparelho celular surrupiado. A ação criminosa durou menos de dois minutos.

Na hora do crime, as placas das motos estavam cobertas com fita isolante para dificultar a localização dos veículos.
O caso será registrado na Delegacia de Polícia Civil de Cocal somente na segunda-feira (23), haja vista que o único distrito policial do município encontra-se fechado e desguarnecido de policiais civis aos finais de semana, devido ao efetivo ‘super-reduzido” desses profissionais de segurança pública.

 

*Com informações Blog do Coveiro

csinvaddPor volta das 19:50h dessa quinta-feira, 19, bandidos aproveitaram o momento em que uma família entrava em casa para fazer um arrastão na residência.  Dentre as vítimas está uma idosa de 104 anos.

Eles fizeram a família de refém e pediam a todo momento para que as vítimas ficassem de cabeça baixa para não serem reconhecidos.  Dez pessoas estavam em casa e ficaram na mira dos assaltantes. Além da idosa de 104 anos, outra de 87.

A quadrilha estava armada e chegou até a casa em um Fiat Uno Branco. O roubo ocorreu na Avenida Pires de Castro,  na zona norte de Teresina.

No vídeo acima é possível vê os criminosos correndo para aproveitar o portão aberto para entrar na casa.  O carro com os bandidos havia passado na rua minutos antes do carro da família chegar.

Pelo menos três pessoas participaram do crime, os assaltantes roubaram um veículo (FOX, LVT 9221), duas televisões, cinco celulares, um computador e uma impressora. Eles também pegaram o documento e as chaves de outro carro, mas não conseguiram levar o segundo veículo devido a dificuldade de retirar da garagem e evitar uma possível perseguição por parte das vítimas. 

A família já registrou Boletim de Ocorrência e pede que qualquer informações sejam repassadas para a Polícia Militar do Piauí ou para a Polinter.

“Os bandidos aproveitaram que os moradores abriram o portão automático, e entraram atrás do carro. Entraram três dentro da casa, dois armados. O que não estava armado ficou na garagem. Eles fecharam o portão, colocaram a família sentada no sofá de cabeça baixa, não olhar para eles. Colocaram as coisas dentro do carro e foram embora”, disse uma das vítimas, que preferiu não se identificar.

cv

geladeirasNa tarde dessa quinta-feira, 19 a Polícia Civil encontrou, em uma residência no Residencial Monte Verde, na zona Norte de Teresina, seis geladeiras novas da marca cônsul abandonadas.

 

A polícia suspeita de que os eletrodomésticos sejam fruto de roubo de cargas. De acordo com o delegado do 22º Distrito Policial, Tales Gomes, a polícia recebeu denúncia de que no local haviam produtos roubados.

 

“Fomos até o local e não encontramos ninguém. São seis geladeiras novas e ainda não sabemos a origem, vamos tentar saber através de uma divulgação se alguma loja teve esse material roubado. A casa apresenta sinais de que não é habitada e ninguém se fazia presente no local", afirmou.

 

Vizinhos não souberam indicar quem seria o responsável pela casa.

 

teresinadiario

Foto: 22ºDP

sdsdsdsds