Na manhã desta segunda-feira, 20, uma mulher, ainda não identificada, com sinais de embriaguez, foi detida no bairro Parque Brasil, zona norte de Teresina. De acordo com informações, a mulher é suspeita de asfixiar o filho de três meses. A mulher teria dormido por cima do filho.


180 graus

Após o chamado do vigia, que ouviu ruídos, policiais militares prenderam em flagrante um acusado de invadir o escritório do Posto América, em Picos, por volta das 3:00h dessa terça-feira, 14. O homem que não teve o nome divulgado era ex-funcionário da empresa. No momento da prisão ele estava com R$ 50,00 (em moedas), uma talhadeira e uma marreta.

 

O delegado Regional da polícia civil, Everton Ferrer, contou que na hora do flagrante o acusado se encontrava escondido deitado próximo a uma coluna de cimento que dá sustentação ao aparelho de ar condicionado, atrás do escritório. Dentro da sala os policiais militares encontram um cofre jogado de lado no chão.

 

Na avaliação do delegado Regional as ferramentas encontradas com o ex-funcionário do posto de combustíveis seriam utilizadas para arrombar o cofre. “Felizmente a polícia militar fez o seu trabalho de forma excelente e conduziu essa pessoa até a delegacia onde foi constatado pelo vigia que se trata de um ex-funcionário do posto”, frisou Everton Ferrer.



Rodeador News

 


 

 

bebeUm bebê de seis meses foi raptado de dentro do Lar da Criança, orfanato localizado na Vila Operária, zona Norte de Teresina. A criança estava há quatro meses na instituição depois da mãe ter perdido a guarda por maus tratos. O bebê, do sexo masculino, foi levado ontem durante o horário de visitas pela própria mãe, identificada como Aureane Francisca Silva Barbosa, 21 anos. Segundo o Chefe de Investigação da Delegacia de Proteção à Criança e ao adolescente, Joatan Gonçalves, a mãe usou a saída do lixo para levar o bebê.

 

 

 

“Ela pegou um taxi, parou na lateral do abrigo, e o taxista sem saber de nada ficou esperando. Meia hora depois ela saiu com o bebê no colo e o taxista se recusou a levá-la, porque desconfiou da atitude da moça. Se recusou a levá-la e chamou a polícia”, afirmou.

 

 

 

Até agora o paradeiro de Aureane é desconhecido.  O investigador trabalha com a hipótese de rapto premeditado, “porque ela saiu pela lixeira, e lá tinha um cadeado que permanece fechado durante a maior parte do tempo. Estamos investigando se ela teve ajuda ou não”, disse Joatan Gonçalves.

 

 

 

A delegada Andréa Magalhães, disse que já tem pistas do paradeiro e nas próximas horas pode ocorrer a prisão da acusada. Ela vai responder pelo crime de subtração de incapaz.

 

 

 

Aureane Barbosa tem uma casa no bairro Alto da Ressurreição e tem familiares em José de Freitas.


Cidade verde

 

Seis veículos com placas clonadas foram encontrados na manhã desta quarta-feira, 15, durante uma operação conjunta entre a Polinter e o 1º DP. São quatro motos, uma delas com placa do Maranhão, e dois carros, que também estavam com os chassis clonados. Dois homens foram presos e outro criminoso está foragido. 

 

A ação ocorreu no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com Jonatas Batista, na Matinha, região norte da capital. O local estava trancado com cadeado e foi preciso o auxílio de uma equipe do Corpo de Bombeiros para rompê-lo. 

 

Segundo o agente da Polinter, Maxwell Pessoa, uma denúncia anônima fez com que a polícia chegasse até o local onde os veículos foram encontrados. Três homens estavam no local e dois deles, identificados como Luan e Índio, foram presos. O terceiro, José Orlando, conseguiu escapar. 

 

Maxwell Pessoa conta que Luan já havia sido preso por roubo de um táxi em Caxias e que os veículos deveriam ser vendidos no centro de Teresina. “O comércio funciona a céu aberto na Pedra do Verdão. Aqui eles só escondiam os veículos”, pontua.  Na operação também foram apreendidas três motocicletas com ordem de restrição. 



Cidade Verde

 

sdsdsdsds