O Instituto Federal do Piauí divulga nessa quinta-feira, 24, edital de alteração do Edital 16/2012, referente ao Concurso Público para preenchimento de 85 vagas para cargos efetivos da Carreira Técnico-Administrativa em Educação. O novo período de inscrições será de 25 de maio a 20 de junho.



Passaram por alterações os itens 4; 5; 7; 8; 10 e os Anexos III e V do Edital nº 16, que abordam a distribuição das vagas, nível de classificação, regime de trabalho, requisitos para ingresso e vencimento básico. Também foram alterados os conteúdos referentes às vagas de Farmacêutico-Bioquímico.



As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, e o pagamento do boleto poderá ser realizado até o dia 21 de junho, obedecendo ao horário do sistema bancário. Os locais de prova serão divulgados até o dia 9 de julho e a prova será aplicada no dia 29 de julho.


Alteração do edital



IFPI

mariapaulathePara mudar o Brasil, o primeiro passo é reciclar emoções. Essa é a teoria da atriz, humorista e escritora Maria Paula. Em passagem rápida por Teresina, ela ministrou uma palestra nesta sexta-feira, 25, durante o I Nordeste do Bem, o Fórum de Empreendedorismo Social.

 

“Nós podemos mudar nossa realidade. Mude! A gente faz o que quer. Se nós mudamos, o mundo muda sua reação”, aconselha a atriz, acrescentando que não é uma missão fácil. O início, entretanto, pode ser pela vizinhança mesmo. Há alguém “rabugento” que mora perto de você? Faça um bolo, toque a campainha e, junto com o lanche, ofereça também um sorriso e um abraço. Os resultados, alerta Maria Paula, podem ser catastroficamente maravilhosos.

 

Além de reciclar o lixo, o ideal é reciclar também as emoções. “O pensamento positivo emite cargas energéticas e o corpo é reflexo disso”, declara. O trauma é inevitável, segundo a atriz, mas o sofrimento não.

 

Maria Paula obteve destaque durante dois anos da campanha do aleitamento materno, promovida pelo Ministério da Saúde. Engajada na causa, ela foi uma das responsáveis por diminuir o índice de mortalidade infantil no país, além de atuar na conquista dos seis meses de licença maternidade. “Gente, eu ajudei a mudar uma lei. Agora eu me empolguei e quero mudar mais”, explica, ao falar sobre a luta para garantir creche e pré-escola para todas as crianças.

 

Mãe da Maria Luiza e do Felipe, Maria Paula explica que a mulher aprende a ser menos egoísta e a pensar mais na coletividade quando se torna mãe. “Lutamos tanto para ganhar espaço no mercado de trabalho e perdemos o melhor de nós, a feminilidade. Já que conquistamos a presidência, somos maioria nas universidades e alcançamos o mercado de trabalho, vamos imprimir doçura e gentileza nesses ambientes”, aconselha.

 

Preocupada com a família e com a preservação da infância, Maria Paula defende o vínculo com os filhos. “Se você bate no seu filho, você tá o ensinando a encarar a vida na base da porrada. Acolha seu filho, olhe no olho e ensine a fazer correto. Isso previne Febens”.

 

Turma do Bem

O I Nordeste do Bem foi organizado pela Turma do Bem, uma Organização Não Governamental que oferece tratamento odontológico gratuito às crianças e adolescentes carentes. No Brasil, 13 mil dentistas voluntários já ofereceram atendimento acerca de 25 mil crianças. Em Teresina, 350 pequenos pacientes sorriem mais felizes após o trabalho voluntário de 70 dentistas.

 

Luiz Gustavo, embaixador da Turma do Bem em Teresina, aponta a importância de uma boa gargalhada. “Sem dentes a pessoa não beija na boa, não se expressa. Ela não consegue rir”. O objetivo Fórum, segundo o embaixador, é aumentar o número de voluntários.

 

Quer mudar e seguir a dica da Maria Paula? Para ser voluntário da Turma do Bem basta acessar o site http://turmadobem.com.br e sair por aí distribuindo sorrisos.


Portal da clube

Um acidente na Praça Arimatéia Tito Filho, bairro Jockey Club em Teresina, deixou uma estudante universitária gravemente ferida, por volta das 16:30h desta sexta-feira, 25. O acidente foi provocado pelo condutor de um carro, categoria SUV, 'Fiat Freemont', que pertence ao ex-vereador Fernando Said (PSDB), que atualmente exerce atividades como advogado em escritório na zona Leste da capital.



Fernando Said não conduzia o veículo. Quem estava dirigindo era seu office-boy, identificado apenas como Kalel, que recebeu ordens para levar o carro para um posto de lavagem. Como é com câmbio automático, o rapaz pode ter se atrapalhado e perdeu o controle na direção. O carro saiu arrastando tudo que encontrou pela frente, entre bancos e objetos que estavam na praça.



Um grupo de quatro estudantes universitários, do curso de arquitetura do Instituto Camilo Filho estava fazendo um trabalho de campo no local. Três deles conseguiram fugir quando viram o carro indo em sua direção, mas uma das estudantes foi atropelada e arrastada por alguns metros, sofrendo pancadas fortes na cabeça e por todo o corpo. Seu nome é Luciana da Conceição Anselmo.



Ela saiu gravemente ferida e foi rapidamente atendida, levada a um hospital, e passa bem. O condutor do veículo não foi encontrado no local. Ele teria se evadido. O próprio Fernando Said foi até o local e prestou os devidos esclarecimentos.




Com informações do 180graus

curso digitaisCerca de 570 profissionais da Educação de todo o Piauí participam, atualmente, dos cursos de Educação Digital. Com carga horária entre 40 horas e 100 horas, os cursos são voltados à inclusão digital e social dos profissionais da educação básica dos sistemas públicos educacionais.

 

Segundo a coordenadora de Educação Tecnológica da Secretaria Estadual da Educação, Alzira Filha, são três tipos de cursos ofertados a essa clientela pelo Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo). “O Programa leva às escolas computadores, recursos digitais e conteúdos educacionais. Em contrapartida, a Seduc garante a estrutura adequada para receber os laboratórios e capacita os educadores para uso das ferramentas e tecnologias”.

 

Oeiras

Em Oeiras, o curso de Tecnologias na Educação: Ensinando e aprendendo com as TICs, ministrado pela professora/multiplicadora Elizangela Dias, ressalta a necessidade de promover a reflexão sobre as transformações provocadas pela evolução das mídias e da tecnologia na sociedade. “O curso dinamiza as práticas pessoais e pedagógicas estimulando e qualificando os profissionais da educação, com vistas à melhoria da qualidade das tecnologias educacionais disponíveis”.

São Julião

Na 16ª Gerência Regional da Educação, a professora/multiplicadora Maria Júlia, desenvolve um trabalho com uma turma de 40 cursistas, sendo o primeiro contato de muitos com um computador. “Nós nos deparamos com uma realidade totalmente diferente da que imaginamos na proposição de um curso de inclusão digital. Muitos ainda mal sabem manusear o computador, com a dificuldade aumentando quando partimos para os softwares e ambientes virtuais educacionais. Esse curso é fundamental para começarmos a mudar essa realidade na escola pública”, enfatiza.

 

O professor Damásio Cavalcante participa do curso e reafirma a necessidade do domínio da tecnologia por parte do educador. “Mesmo que não estejamos à frente dos conhecimentos dos nossos alunos com respeito à tecnologia, é fundamental que saibamos orientá-los de maneira a extraírem algo construtivo da mesma, para isso as tecnologias educacionais estão aí”, destaca.

 

Outras ações

 

O MEC tem investido na aplicação das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) visando à rede pública. O programa Um Computador por Aluno já é uma realidade e recentemente foi anunciada a compra de tablets para professores da rede.

 

O secretário de Educação Básica do MEC, Antonio Cesar Russi Callegari, disse que a escola do século 21 precisa estar preparada para ensinar aos alunos como buscar e trocar conhecimento, filtrar informação e desenvolver o pensamento crítico em um mundo conectado. “As tecnologias digitais se fazem presentes nesse processo, pois estão no cotidiano da sociedade e por meio delas estudantes interagem intensamente com o mundo”, afirmou.

 

governodopi

 

sdsdsdsds