O teto da biblioteca Central da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) que fica localizada no Campus Poeta Torquato Neto, bairro Pirajá , zona Norte de Teresina, desabou na madrugada desta quinta-feira, 5.

 
Como o acidente aconteceu por volta das 4:30h, ninguém ficou ferido. A estrutura cedeu no lado onde fica boa parte do acervo bibliográfico da universidade, mais de 500 exemplares podem ter sido danificados. No momento em que a reportagem estava no local foi possível escutar os estalos de outras paredes cedendo.

 
O local está interditado e homens já trabalham para conter novos desabamentos. Alguns estudantes da universidade se concentravam em frente à biblioteca lamentando o ocorrido. Também foram feitas algumas críticas a administração da instituição e ao governo do estado.

 
“Passaram anos fazendo a reforma e por pressão do movimento SOS UESPI abriram a biblioteca sem a mínima estrutura. Sabíamos que isso, mais cedo ou mais tarde, iria acontecer. Por sorte não feriu ninguém, se tivesse cedido de manhã, alguém teria morrido. Se teto não resistiu a uma chuva é porque essa obra não estava bem feita e nem foi inspecionada.” disse o estudante de Comunicação, Breno Botelho.


A perca dos livros também foi lamentada pelos estudantes. Thamires Vieira, estudante de letras, disse que o acervo já é precário e deve piorar com o acidente. “Já estava difícil ter acesso aos livros que desse suporte aos nossos estudos. E com mais essa perca a situação ficará muito pior” disse a estudante.

A reforma no prédio da biblioteca da Uespi durou cerca de dois anos e durante este período foi alvo de críticas e protestos dos estudantes. Cerca de R$ 6 milhões foram utilizados na reforma. No segundo semestre do ano passado o prédio foi aberto para os estudantes.


A assessoria de imprensa da universidade informou que o Corpo de Bombeiros esteve presente no local durante a manhã, mas ainda não souberam precisar quais foram às causas. Um laudo deve ser divulgado após uma analise mais intensa. O assessor da Uespi disse ainda que a reitoria deve arcar com o prejuízo e a construtora Nova América, que já foi responsável pela primeira obra, deve fazer o trabalho.


Fonte: acessepiauí

Será lançado neste mês de janeiro o programa "Mais Viver", projeto de combate à miséria, que tem como meta retirar 55 mil famílias piauienses da condição de extrema pobreza até o final de 2012.

Em entrevista ao Jornal do Piauí desta quinta-feira, 5, o coordenador César Fortes ressaltou que atualmente 21% da população do Estado vive com menos de R$ 70 por mês, o que significa 116 mil famílias ou 660 mil pessoas vivendo em condição de extrema pobreza.

 
"Mais Viver" é um programa do governo estadual, em parceria com o governo federal. "Esse projeto começou com a presidenta Dilma Roussef, com o programa 'Brasil sem Miséria'. Por conta disso, algumas medidas já foram inclusive tomadas, outras serão simplesmente acrescentadas aos programas já existentes e outras serão criadas", explicou o coordenador.

 
De acordo com César Fortes, dentre as medidas que serão criadas, está a construção de 16 escolas na zona Rural do Piauí, que trabalharão em tempo integral e a disponibilidade de dois caminhões que circularão pelos municípios com o objetivo de capacitar as pessoas e inseri-las no mercado de trabalho.


O coordenador afirmou que o programa será lançado nas próximas horas pelo governador Wilson Martins (PSB) e contará com o apoio de pelo menos dez secretarias estaduais.


Fonte:cidadeverde
 

Um acidente ocorrido no começo da noite dessa quarta-feira, 4, envolvendo uma motocicleta e um animal, deixou com alguns ferimentos Horácio Saraiva, de 46 anos, residente em Marcos Parente-PI onde houve a ocorrência.


O motociclista que na queda teve politraumatismo, fraturas nos braços, ferimentos na perna e no pé esquerdo. Após terem acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU),  Horácio foi socorrido e levado para a cidade de Floriano-PI  onde entrada no Hospital Regional Tibério Nunes (HRTN), onde foi atendido pelo médico urgentista de plantão,  Edmilson Rocha, logo em seguida o mesmo foi encaminhado para a capital piauiense.


Da redação
Dois homens foram baleados por volta das 23:00h de ontem, 4, em um posto de combustível, no bairro São João, zona Leste de Teresina.


Uma das vítimas, conhecido como Ismael, morreu na hora, e o outro, Wellington, foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e está em estado grave.


De acordo com o Ronda Ostensiva de Natureza Especial (Rone), os dois tinham passagem pela polícia, inclusive, um deles havia sido preso um dia antes. A polícia suspeita que o crime tenha sido um acerto de contas.



Portal da Clube
Oticas Floriano
Drogalider
Casa da Vóvo
Luan Gás
sdsdsdsds