O Ministério Público do Piauí vai abrir uma investigação para apurar o suposto furto de pedras da barragem do Bezerro, em José de Freitas. A ação teria contribuído para o vazamento na parede do reservatório. O ponto de partida para descobrir quem retirou o material é a postagem de um policial militar nas redes sociais dando conta que, há alguns anos, apreendeu um caminhão carregado de pedras. Uma pessoa teria sido detida na época.

“Nós tomamos conhecimento de que um policial postou em uma rede social que teria prendido um suspeito num caminhão. Isso depois de 5 anos. Vamos verificar exatamente o que foi que aconteceu. Primeiro nós vamos abrir uma investigação”, disso o promotor Flávio Teixeira.

Segundo o promotor, o policial será notificado para prestar esclarecimentos sobre o caso. O MP quer saber o motivo de o inquérito sobre o caso nunca ter chegado à instituição.

“Vamos notificar esse policial para saber quem foi e por que o inquérito não chegou ao Ministério Público, se é que foi aberto. Essa informação do roubo de pedras tem uns 5 anos. Com o problema que aconteceu agora, esse policial postou nas redes sociais que tinha prendido uma pessoa com um caminhão e tinha levado para a delegacia. Ele declarou agora e a prisão teria ocorrido em 2012. Vamos notificar para ele prestar esclarecimentos”, declarou.

Na última segunda-feira (9), o promotor disse ao Cidadeverde.com que a retirada das pedras na barragem pode ser vista a olho nu. "As pessoas da região relatam que as pedras foram furtadas durante a construção das residências do programa Minha Casa Minha Vida. Se fala em 100 carradas de pedras levadas. Não é possível que ninguém viu isso", desabafou o promotor há dois dias.

Um inquérito civil já havia sido instaurado pelo MP para apurar algumas situações envolvendo a barragem. "Como a apropriação de terras, a criação de animais, a invasão da área de preservação permanente, a situação dos barraqueiros e, entre elas, a questão da falta de manutenção da barragem", lembra o promotor.

Vazamento

Para amenizar a pressão da água na área do vazamento da barragem, o governo do estado fez um canal forçando o rebaixamento do sangradouro. A medida reduziu em 59cm o nível do reservatórios desde domingo.

 

cv

Foi interditado parcialmente na manhã desta quarta-feira, 11, um trecho da rodovia PI-113, no KM 09, na altura do povoado Cancela, em José de Freitas.  A Defesa Civil emitiu um alerta para que os motoristas tenham total atenção ao trafegarem por essas imediações. A situação é considerada crítica devido a grande circulação de carros que passam pela rodovia, que é o principal acesso entre Teresina e o município vizinho.

rod113

Os diretores da Defesa Civil, Vitorino Tavares, do Departamento de Estradas e Rodagem do Piauí (DER), Castro Neto e engenheiros acompanham a situação no local e o trabalho de técnicos para reparar a pista. O deslizamento se deu após as fortes chuvas que caíram durante toda a madrugada e manhã de hoje e a invasão das águas que escoam de açudes próximos e da Barragem do Bezerro, que desde o último domingo (08), mantém a cidade de José de Freitas sob alerta após o risco de rompimento.

Segundo o Major Rivelino, do Corpo de Bombeiros, até o momento houve redução de 28 centímetros do nível de água na barragem. “O trabalho que está sendo desenvolvido pelo Estado, junto com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Idepi, estão surtindo efeito. Conseguimos baixar desde ontem 28 centímetros de todo nível da barragem. O derramamento dessa água está sendo controlado pelo Idepi para que haja o controle do que está saindo para não alagar áreas mais baixas. O Idepi vai fazer testes e consultas para avaliar fissuras na barragem”, disse.

A Defesa Civil do Estado, Corpo de Bombeiros, Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Exército Brasileiro e a Prefeitura de José de Freitas continuam atuando para tirar famílias de locais de risco e tentar tirar água da barragem para que reparos sejam feitos.

Nesta terça-feira (10) a população teve um novo susto com o comprometimento de estradas que dão acesso à cidade. Um trecho da pista do rodoanel de José de Freitas, que leva ao município de Cabeceiras foi interditado. Águas de um açude transbordaram e cobriram parte da pista. Vale ressaltar que este é um açude pequeno e não tem relação com a barragem do Bezerro.

Equipes de engenheiros já estão no local avaliando se há danos ou perigo de rompimento da pista. A Força-tarefa aconselha que motoristas evitem o trajeto. Até o momento, 321 pessoas já foram removidas, todas no município de José de Freitas. As equipes de resgate receberão um reforço de 150 policiais militares para atuarem na ajuda às famílias em áreas de risco.

Os municípios monitorados foram ampliados e agora são: José de Freitas, Luzilândia, Joca Marques, Madeiro, Esperantina, Cabeceiras, Barras e Batalha. O governo está distribuindo colchões, cestas básicas e kits de limpeza e higiene para as famílias afetadas.

Governo divulga nota:

A Secretaria Estadual de Defesa Civil informa à população que a estrada Teresina-José de Freitas (PI-113) está operando em meia-pista, na altura do Km 09, na localidade Cancela, devido a um deslizamento de terra. O órgão recomenda cuidado aos motoristas que trafegarem pelo local.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER) está enviando uma equipe ao ponto do deslizamento. Já a pista do Rodoanel de José de Freitas e o trecho da PI-113 que liga José de Freitas a Cabeceiras estão liberados para o tráfego normal.

A Secretaria de Defesa Civil informa ainda que acionou o nível de alerta moderado aos municípios de Buriti dos Lopes e Luzilândia, e nível de alerta alto nas cidades de Piracuruca, Esperantina, Barras e Batalha devido ao risco de inundação dos rios Parnaíba, Longá, Piracuruca, Marataoan e seus afluentes.

 

Com informações do realidadeemfoco

sindicalistaApós grave acidente na noite de ontem, 10, no km 323 da BR-135, no município de Cristino Castro, o diretor do Sindicato dos Urbanitários do Estado do Piauí, José de Afonso Aquino, veio a óbito.

Segundo o secretário do Sindicato, Francisco Ferreira, a vítima viajava acompanhado do advogado Lauriano Lima Ezequiel após realizar ações da entidade no interior. “Eles foram para Corrente e de lá, foram para a cidade de Avelino Lopes, onde havia uma demanda política do sindicato e depois iriam para Teresina, mas aí aconteceu o acidente”, relata o sindicalista.

A Polícia Rodoviária Federal confirmou que o acidente ocorreu por volta das 18:45h, quando havia muita água nas margens da rodovia, devido as chuvas. Assim, o automóvel aquaplanou, e capotou, ficando parcialmente submerso.

O advogado conseguiu sair do veículo e não ficou ferido, mas o motorista ficou preso no caso. A vítima chegou a ser socorrida, mas chegou sem vida do hospital. A causa da morte provável foi dada como afogamento.

 

viagora

A Prefeitura de José de Freitas desmentiu a informação prestada pelo Governo do Piauí, que através do diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela Barros Aguiar, disse que o estado não havia sido comunicado anteriormente dos problemas com a Barragem do Bezerro, em José de Freitas (PI). Porém, a Prefeitura divulgou documentos que comprovam que ofícios foram entregues e recebidos pelo Governo do Estado, em 16 de março do ano de 2017, um ano antes do surgimento de fissuras na parede da barragem, que foram registradas nesse dia 8 de abril de 2018.

diasbarra

Em entrevista à emissoras de TV locais, o presidente do Idepi reforçou que o Governo so tomou conhecimento à pouco mais de um mês. Informação essa desmentida pelos documentos expostos no final desta matéria, que mostram o oficio da Prefeitura com carimbo de recebido pelo protocolo do Gabinete do Governador do Piauí, Wellington Dias (PT).

O documento diz:

Ilustríssimo Senhor, José Wellington Barroso de Araújo Dias – Governador do Piaui

Considerando que a cidade de José de Freitas possui em seu contexto turístico uma das maiores barragens da Grande Teresina, o ‘Açude Barragem do Bezerro’, servindo de lazer, pesca e plantio agrícola, gerando paralelamente, emprego e renda formal e informal entre os moradores da cidade, solicitamos a Vossa Excelência, o ENROCAMENTO do paredão do referido açude, com objetivo de evitar o rompimento com o aumento da represa, haja visto o período chuvoso que se inicia.

Certo de vosso apoio, antecipamos os nossos agradecimentos.

Assina o documento o prefeito Roger Coqueiro Linhares. Tendo ao lado de sua assinatura o carimbo de recebimento em 16/03/17, pelo Gabinete do Governador.

Além desse ofício, a Prefeitura também enviou outros ofícios solicitando os reparos, a fim de evitar uma catástrofe no município.

 

 

portal do delta

Drogalider
Planeta Baterias
Tem contabilidade
Luan Gás
Otica Visão - Ache Floriano
Store Shoes
Tatiana Gás
Planeta Baterias - Ache Floriano
Primeiro de Maio  - Ache Floriano
sdsdsdsds