Um acidente envolvendo um trator rompeu uma das linhas de distribuição de energia para o Sul do Estado e deixou dez municípios piauienses sem energia elétrica.

Segundo a Eletrobrás Distribuição Piauí, o caso ocorreu na cidade de Geminiano, mais precisamente no povoado Samambaia. Nele, o veículo rompeu a linha de energia que abastecia as cidades de Jaicós, Acauã, Paulistana, Massapê, Patos do Piauí, Jacobina, Curral Novo do Piauí, Caridade e a zona rural de Geminiano. Após o rompimento, foi necessária a substituição de alguns postes de energia e o nivelamento da linha para que o serviço fosse normalizado.

Em nota, a Eletrobras afirmou que o fornecimento das cidades foi normalizado por volta das 22h de ontem, doze horas após o acidente.

 

Com informações falapiaui

zsimaoO julgamento que começou nessa segunda-feira, 11, terminou na madrugada de hoje, 12, e conselho de sentença considerou inocente o ex-prefeito de Lagoa do Sítio, José de Arimateia Rabelo, conhecido como Zé Simão, acusado de matar com um tiro a própria esposa Gercineide de Sousa Monteiro, em fevereiro de 2015.

O julgamento durou 18 horas e a tese de negativa de autoria foi acolhida, por volta das 2h55, pela maioria dos jurados, que entenderam que o acusado não foi autor do assassinato.

O júri foi realizado em Oeiras, após a defesa pedir o desaforamento de Valença, comarca responsável por Lagoa do Sítio, onde o crime ocorreu. E foi comandado pelo juiz Rafael Mendes Palludo.

O réu aguardava o julgamento preso na penitenciária Irmão Guido e agora terá direito à liberdade. A suspeita de ser coautora, a empregada doméstica do casal, Noêmia ainda será julgada pelo mesmo caso.

"A própria história vai provar para todo o estado do Piauí que eu fui vítima da maior injustiça já cometida na história desse estado. Não foi fácil você passar três anos e quatro meses encarcerado pagando por uma conta que não devo. E agora Deus nos deu a vitória e vamos nos reerguer" disse Zé Simão, afirmando que agora irá atrás dos verdadeiros culpados pela morte da ex-esposa.

 

Ex-prefeito Zé Simão é julgado por morte de esposa

muraldavila

Acusado de matar a própria esposa, Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, o ex-prefeito de Lagoa do Sítio, José de Arimatéia Rabelo, o “Zé Simão”, está sendo julgado no Fórum de Oeiras, nesta segunda-feira, 11. O crime ocorreu no dia 10 de fevereiro de 2015, numa trama cinematográfica. Ele matou a mulher e depois colocou a culpa na empregada doméstica.

zesimao

O julgamento ocorre na 1ª Vara Criminal de Oeiras, presidido pelo juiz Rafael Mendes Paludo. Já o promotor do caso é Marcondes Pereira de Oliveira. O julgamento iniciou ás 9h30min e a previsão é que estende até esta terça-feira.

Ao todo devem ser ouvidas 14 testemunhas, sendo oito de acusação e seis de defesa. A empregada doméstica Noêmia Maria da Silva Barros acusada de ser co-autora do crime contra a primeira dama será ouvida como informante.

Sete pessoas formam o Tribunal do Júri e devem decidir pela condenação ou não de José de Arimatéia Rabelo.

O crime

“Zé Simão” teria planejado e matado a própria esposa Gercineide Monteiro para ficar com a amante, sua empregada doméstica Noêmia Barros que segundo as investigações policiais, teria participação direta no planejamento e assassinato da primeira dama.

O crime foi na madrugada do dia 10 de fevereiro de 2015. Gercineide foi morta com um tiro de revólver no ouvido, deitada, na cama em que dormia. Na casa morava o então prefeito, a esposa, dois filhos e a empregada. A arma do crime um revólver calibre 38 foi apreendida. O casal estava junto há 12 anos e a empregada há 2 anos, teria um relacionamento amoroso com Simão.

A primeira-dama Gercineide Monteiro, foi encontrada morta em sua própria cama e, segundo o prefeito Zé Simão, nas suas primeiras declarações para a polícia, a morte teria acontecido por volta das 5h40 da manhã devido a um ataque fulminante do coração. No momento da morte, o prefeito disse que estava na roça.

No entanto, a hipótese foi descartada pela polícia que foi até o local e, sobre outras suspeitas, apontou que a morte havia acontecido por volta de 1h e devido à um tiro de revólver calibre 38. A ausência de qualquer arma que indicasse suicídio da primeira-dama aumentou as suspeitas da polícia.

Depois, a própria empregada contou detalhes a polícia e disse até o local em que “Zé Simão” havia escondido a arma. O revólver foi encontrado e periciado.

O ex-prefeito nega as acusações. Mesmo assim, depois de cassado, ele foi expulso do Partido dos Trabalhadores (PT).

 

portalaz

Foto: arquivo de família

carroposteUma pessoa ficou presa às ferragens em acidente ocorrido nesse domingo, 10, na Avenida Piauí, trecho da rodovia estadual PI -116, que interliga Luís Correia ao bairro Coqueiro da Praia, no litoral piauiense.

 

O condutor do veículo, modelo Celta, trafegava pela rodovia na companhia do filho, de sete anos de idade, quando perdeu o controle do veículo e bateu de frente com um poste de iluminação pública.

 Em consequência do acidente, pai e filho ficaram feridos. O Corpo de Bombeiros de Parnaíba foi acionado e retirou o motorista do veículo que estava preso às ferragens. Uma ambulância do SAMU também prestou socorro.

 

Uma guarnição da CIPTUR sob comando do sargento Egildo Brito, foi acionada para fazer o levantamento da ocorrência.

 

Com informações do blogdeluiscorreia

sdsdsdsds