luzenildoUm homem foi encontrado sem vida, na manhã desta terça-feira, 11, na Rua Bom Jesus, no bairro Memorare, na zona Norte de Teresina. O comandante Gerson, do 9° BPM, informou que a vítima foi identificada como Luzenildo Martins Figueiredo, de 36 anos, e a principal hipótese é de que ele tenha sofrido uma descarga elétrica. A casa da vítima fica próximo ao Centro Educacional Masculino (CEM).

Segundo relatos de vizinhos, o homem morava sozinho e saía todos os dias para trabalhar, mas não foi mais visto o que fez com que os moradores desconfiassem que havia algo errado, por isso resolveram ver o que estava acontecendo. Ao abrir a porta, os vizinhos encontraram o corpo caído na entrada da casa próximo a um aparelho de ar-condicionado.

De acordo com as primeira investigações, a suspeita é de que o homem tenha sofrido uma descarga elétrica, já que no momento do resgate do corpo um vizinho que ajudava os agentes do IML quase sofreu um choque dentro da casa do cidadão. “Eu fui resgatar ele para tirar ele lá de dentro e peguei foi um choque e eu soltei”, declarou.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML), onde passará por exame cadavérico que deve apontar a causa da morte.

 

mn

Foto: divulgação

agnaldoFoi preso na tarde dessa segunda-feira, 10, o presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar, Agnaldo Oliveira, em cumprimento a mandado de prisão preventiva que foi decretado pela juíza Valdênia Moura Marques, da 9ª Vara Criminal de Teresina.

Agnaldo responde a processo por estelionato, ele é acusado de enquanto diretor financeiro da associação, realizar descontos na folha de pagamento em desfavor de um policial militar, sem que ele tenha autorizado, obtendo para si vantagem ilícita. O caso foi investigado pela Delegacia Especializada de Crimes contra a Ordem Tributária (Deccoterc).

A assessoria de comunicação da Polícia Militar, informou que o cabo apresentou-se à Corregedoria acompanhado de um advogado e após passar por exame de corpo de delito, foi encaminhado ao presídio militar.

 

 

mandado

Com informações do teresinadiario

bancoNa noite de ontem, 09, bandidos fortemente armados invadiram a cidade de Arame, a 476 km de São Luís, fizeram moradores reféns e roubaram a agência do Bradesco.

Segundo as primeiras informações, os bandidos fecharam principais as ruas que dão acesso à entrada da cidade e começaram a atirar. Durante o percurso até o banco, os criminosos fizeram alguns moradores como reféns.

Os bandidos explodiram o banco, atearam fogo na delegacia de Arame e após realizar o assalto eles fugiram com alguns moradores, que foram liberados horas depois. Os bandidos fugiram sem deixar pistas.

No registro abaixo, é possível ouvir os tiros na região.

 

 

 

 

Com informações do G1MA

Atualizado às 10h30


O corpo da mulher que desapareceu durante enxurrada no residencial Torquato Neto, zona Sul de Teresina, foi encontrado soterrado por volta das 10h da manhã desta segunda-feira (10) em uma das ruas do bairro. Equipes do Corpo de Bombeiros estavam desde a noite de ontem tentando localizar a vítima.

Morreu na noite desse domingo, 09, após ser arrastada pela força das águas da chuva no Conjunto Torquato Neto III, na zona Sul da capital piauiense, uma mulher identificada apenas como Carla Daniela, de 32 anos, que saiu de Bacabal (MA), para visitar familiares em Teresina.De acordo com um familiar, a mulher foi atravessar a rua e acabou sendo arrastada. “Ela saiu para ir no mercado e acabou sendo arrastada e até agora não foi encontrada pelo corpo de bombeiros”, afirmou bastanter abalado.


O Plantão do Corpo de Bombeiros confirmou que uma mulher morreu arrastada pelas águas das chuvas, durante forte temporal. O Corpo de Bombeiros afirmou que fez buscas na noite de domingo, que continuam na manhã de segunda-feira,mas o corpo da mulher não foi encontrado.O familiar desmentiu a informação de que a mulher tivesse com uma criança nos braços no  momento em que foi arrastadas pelas águas.


Ainda segundo o parente da vítima, familiares, amigos e vizinhos também fizeram buscas pela região até 02h da madrugada desta segunda-feira (10), mas não conseguiram localizar o corpo da mulher. “Ela foi vista antes de chegar no bueiro, ela já estava de bruços, um rapaz tentou socorrer ela, mas a força da água estava muito forte. A gente acredita que ela bateu a cabeça em uma pedra e já ficou inconsciente”, declarou.A mulher tem dois filhos, sendo uma de 10 meses e outra de 3 anos. As ruas do bairro estão completamente destruídas e o nível da água chegou ao muro das casas. “A nossa situação é muito triste, se abriram varias crateras”, disse.


A suspeita é de que a mulher tenha sido arrastada por por cerca de 300 metros e seu corpo teria caído em um bueiro. “Aqui a situação é bastante complicado porque quando chove a gente não tem para onde fugir”, afirmou outro morador.

 

Com informações do meionorte e portalodia

sdsdsdsds