Foi encontrado no início da manhã desse domingo, 07, na margem da rodovia estadual PI-243, que interliga as cidades de Jaicós a Belém do Piauí, o corpo de um homem identificado como Fausto Antônio dos Reis, de 32 anos.

Segundo informações, Fausto seguia em direção à cidade de Belém e teria perdido o controle do veículo, uma motocicleta modelo Honda Titan 150, de cor vermelha, e indo parar fora da rodovia.

O acidente aconteceu na comunidade Sítio, perímetro do município de Jaicós, próximo a uma antiga escola. Fausto estava sem capacete e sofreu graves lesões na cabeça, tendo morte imediata.

O corpo e a motocicleta foram encontrados por populares que passavam pelo local.

Fausto Antônio dos Reis é natural de Massapê do Piauí e atualmente residia na cidade de Belém do Piauí.

Com informações do cidadesnanet

onibusTreze pessoas ficaram feridas e o motorista de um ônibus que tinha como destino a cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí, morreu. O acidente envolvendo quatro veículos foi na BR-020, em Formosa, no entorno do Distrito Federal. Segundo a PRF, um caminhão e um veículo de passeio pararam para socorrer ocupantes da caminhonete que capotou anteriormente, quando o ônibus colidiu na traseira do caminhão.

Testemunhas relataram à corporação que o condutor do caminhão e os ocupantes do Fiat Uno, seguiam no sentido Vila Boa, quando pararam para socorrer um homem e uma mulher que estavam numa caminhonete que capotou momentos antes. O ônibus vinha logo atrás, colidiu contra a traseira do caminhão e empurrou o mesmo contra o carro do passeio.4x4

O ônibus tinha como destino a cidade de Parnaíba e estava com 46 passageiros e três funcionários. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer os feridos. Os ocupantes da caminhonete apresentavam escoriações na face e no braço. A passageira do Fiat Uno foi socorrida com uma contusão no tórax. As outras dez vítimas são do ônibus e apresentavam escoriações na face e lesões no nariz. Um das vítimas foi socorrida com fratura exposta na perna esquerda. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Formosa e a Unidade de Pronto Atendimento do município.

O condutor do ônibus, de 46 anos, ficou preso às ferragens e não resistiu aos ferimentos. O Mais Goiás entrou em contato com a Trans Brasil, empresa que está identificada na pintura do ônibus. A Trans Brasil, contudo, afirmou que o veículo não faz parte de sua frota e que não está cadastrado em seu banco de seguros. Ainda destacou que irá verificar a situação sobre a utilização do adesivo da empresa no ônibus.

 

Com informações do blogdopessoa

Teve eleitor em Floriano que passou mais de uma hora para exercer o direito do voto nas eleições deste domingo, 07. Principalmente na parte da manhã as dificuldades eram maiores para se chegar a urna e dar os votos. Grandes filas estavam formadas.

eleito

Eu passei mais de uma hora para votar, era uma fila enorme, disse Helena Soares ao ser abordada pelo piauinoticias logo após ter votado.

Uma outra questão muito comentada entre as pessoas eram os pontos de votação, pois na maioria das seções as informações contidas nas paredes e portas dos locais de votação apontavam somente a 9ª zona.

Os eleitores da Zona 61 estavam votando nos locais da última eleição, mas para se ter a confirmação do local era necessário pegar as informações com os serventuários da Justiça. Mesmo após o encerramento algumas seções continuam com eleitores esperando pela votação.  As imagens são da Unidade Escolar Bucar Neto, bairro Viazul.

eleitor

 

 

Da redação

armaAlguns eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) estão levando para a cabine de votação armas de fogo. Além disso, ainda fotografam e gravam vídeos dos revólveres. Ou seja, tudo que a justiça eleitoral não permite, caracterizando crime eleitoral. Essas imagens estão viralizando nos grupos de apoiadores do candidato militar.

Uma das imagens mostra um revólver em cima da urna eletrônica. O local é a Escola Estadual Professor Mauricio Brum, que fica em São João do Meriti, no Rio de Janeiro. No vídeo, um homem vota teclando os números de Bolsonaro com o cano da arma.

Crime incentivado

A atitude de fotografar e filmar a cabine de votação, e ainda com armas, foi uma resposta dos apoiadores de Bolsonaro a um apelo de seu filho, Eduardo Bolsonaro, candidato a deputado federal pelo PSL. Ele pediu, em suas redes sociais, para que os eleitores do pai gravem e filmem ao vivo seus locais de votação, o que é crime eleitoral.

A Lei Eleitoral 4737/65 proíbe que se tire qualquer tipo de foto ou grave vídeos durante a votação, incluindo fotos da urna e selfies na cabine.

Mesmo assim, Eduardo Bolsonaro postou: “Prezados, em caso de problemas com a urna filmem, de preferência gravem lives e falem o estado zona e seção onde está ocorrendo o problema”.

filhbolsonaro

Com informações do revista fórum

sdsdsdsds